Arquitetura Contemporânea Paulista

Objetivos:

Análise crítica da produção arquitetônica paulista das últimas duas décadas e sua inserção na história da arquitetura. Apresentação e discussão das principais questões contemporâneas no âmbito da arquitetura através da análise de obras recentes de arquitetos de/ou em São Paulo e da revisão da trajetória histórica da produção paulista. Apresentar e discutir a arquitetura contemporânea, promovendo o estudo, a pesquisa, o registro e a divulgação dessa produção, bem como a revisão da historiografia corrente. Desenvolvimento de um instrumental análitico/crítico para a identificação, reconhecimento e reflexões sobre a arquitetura produzida em tempos recentes. O rastreamento dos vários trabalhos já realizados e o desenvolvimento de outros possibilitarão fundamentar uma análise crítica dessa arquitetura, contribuindo para a requalificação da produção contemporânea. Dar continuidade à construção da história da arquitetura na cidade de São Paulo e daquela realizada pelos profissionais aqui radicados de modo a constituir um centro de referência sobre essa arquitetura e estabelecer, no âmbito acadêmico, um campo de debate da produção paulista contemporânea. Estabelecer um diálogo crítico de alcance latino-americano, referenciando a arquitetura de São Paulo e do Brasil no âmbito internacional.

Justificativa:

A arquitetura paulista constitui uma contribuição importante para a arquitetura brasileira, especialmente a produção do século 20, polemizando-se acerca da natureza dessas obras, seu possível caráter independente ou autônomo em relação ao Brasil. Apresentar e discutir essa produção, recuperando a especificidade das ideias e teorias que nortearam seu desenvolvimento é um instrumento para a compreensão da produção contemporânea. A atualização do debate arquitetônico, mediante a apresentação das ideias em curso nos principais centros do pensamento arquitetônico e nas publicações mais recentes, confrontando-as com nossa realidade pode contribuir para o desenvolvimento da cultura arquitetônica local. Desde 2010 esta disciplina está vinculada ao programa comum desenvolvido pelo grupo de pesquisa Arquitetura e Cidade Moderna e Contemporânea do Departamento de História da Arquitetura e Estética do Projeto da FAU USP, Maestria en Historia y Teoria Del Arte, la Arquitectura y Ciudad, Universidad Nacional de Colômbia (Bogotá), e Área de Processos Históricos y Diseño, Departamento de Métodos y Sistemas, Universidad Autônoma Metropolitana, Unidad Xochimilco (México D.F.). Conjuntamente, constituíram convênio para formar o Observatório de Arquitetctura Latinoamericana Contemporánea. As três universidades estabeleceram cursos e seminários com estruturas comuns, cujos resultados deverão ser compartilhados entre os pesquisadores dos três países.

Conteúdo:

O curso está dividido em três módulos de conteúdo e atividades: Módulo 1 – Teoria da crítica: aulas e seminários de natureza historiográfica e da prática da análise e crítica da arquitetura Módulo 2 – Oficina de crítica: seminários de análise de obras Módulo 3 – Análise crítica: exercício e reflexões sobre as críticas produzidas durante o curso.

Forma de Avaliação:

Observação:

– Participação nos seminários – Ficha de obra conforme modelo elaborado pelo grupo colombiano do Observatório da Arquitetura Contemporânea – Trabalho final: Monografia com análise crítica de uma obra contemporânea – Texto de avaliação das oficias de crítica.

Bibliografia:

BIBLIOGRAFIA BÁSICA
ATTOE, Wayne. La crítica arquitectónica como disciplina. México D.F., Limusa, 1982 (versão em espanhol de: ATTOE, Wayne. Architectural and critical imagination. Chicester: John Wuley & Sons, 1978).
BAXANDALL, Michael. Padrão de Intenção.a explicação histórica dos quadros. São Paulo, Cia das Letras, 2006.
COLLINS, Peter. Architectural judgement. Montreal: McGill-Queen’s University Press, 1971.
MONTANER, Josep Maria. Arquitetura e crítica. 2.ed. Barcelona: Gustavo Gili, 2007.
TOURNIKIOTIS, Panayotis. La historiografia de la arquitectura moderna. Madrid: Mairea; Celeste, 2001.
WAISMAN, Marina. El interior de la Historia: historiografia arquitectónica para uso de latinoamericanos. Bogotá: Escala, 1990.
WAISMAN, Marina. La arquitectura descentrada. Bogotá: Escala, 1995.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
ARANTES, Otília Beatriz Fiori. Mário Pedrosa: Itinerário Crítico. São Paulo: Cosac Naify, 2004.
ARCHITECTURAL DESIGN. On the methodology of architectural history. London: Architectural Design, v.51, n.6/7, 1981.
ARGAN, Giulio Carlo. Arte e crítica de arte. Lisboa: Editorial Estampa, 1988.
BASTOS, Maria Alice Junqueira, ZEIN, Ruth Verde. Brasil: arquiteturas após 1950. São Paulo: Perspectiva, 2010.
CZAJKOWSI, Jorge. Arquitetura brasileira: produção e crítica. Revista Gávea, n.2, 1985.
ETTINGER, Catherine R., ANDA ALANIS, Enrique X. de (Orgs.). Situación actual de la historiografía de la arquitectura mexicana. Universidad Michoacana de San Nicolás de Hidalgo; Universidad Nacional Autó-noma de México, 2008.
GUERRA, Abílio (org). Textos fundamentais sobre história da arquitetura moderna brasileira. v.1 e 2. São Paulo: Romano Guerra, 2010.
KIEFER, Flávio, LIMA, Raquel Rodrigues, MAGLIA, Viviane Villas Boas (Org.). Crítica na Arquitetura: V Encontro de Teoria e História da Arquitetura. Porto Alegre: Editora Ritter dos Reis, 2001.
LEATHERBARROW, David. Architecture oriented otherwise. New York: Princeton University Press, 2009.
NAVES, Rodrigo. O vento e o moinho: ensaios sobre arte moderna e contemporânea. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.
NESBITT, kate (Org.). Uma nova agenda para a arquitetura: antologia teórica (1965-1995). São Paulo: Cosac Naify, 2006.
OCKMAN, Joan (Ed.) Architecture, criticism, ideoloy. New Jersey: Princeton University Press, 1985.
PIZZA, Antonio. La construcción del pasado. Madrid: Celeste, 2000.
WATKIN, D. The Rise of Architectural History. Chicago: Chicago University Press, c1980.
WISNIK, Guilherme. Estado crítico: à deriva nas cidades. São Paulo: PubliFolha, 2009.
XAVIER, Alberto (Org). Arquitetura moderna brasileira: depoimento de uma geração. 2ed. São Paulo: Cosac & Naify, 2003.
WAISMAN, Marina. La estructura histórica del entorno. 3.ed., Buenos Aires: Ediciones Nueva Visión, 1985.
ZEIN, Ruth. O lugar da crítica. Ensaios oportunos de arquitetura. Porto Alegre: Editora Ritter dos Reis, São Paulo: ProEditores, 2002.

BIBLIOGRAFIA GERAL
ACAYABA, Marlene Milan & FICHER, Silvia. Arquitetura moderna brasileira. São Paulo: Projeto, 1982.
AMARAL, Aracy. Arte para quê? A preocupação social na arte brasileira 1930-1970. 3.ed. São Paulo: Studio Nobel; Itaú Cultural, 2003.
ARQUITETURA Brasileira após Brasília: Depoimentos (3vol.). Rio de Janeiro: IAB-RJ, 1978.
ARQUITETURA e desenvolvimento nacional: depoimentos de arquitetos paulistas. São Paulo: Instituto de Arquitetos do Brasil / Pini, s.d.
BASTOS, Maria Alice Junqueira. Pós Brasília: os rumos da arquitetura brasileira. São Paulo: Perspectiva, 2003.
BRUAND, Yves. Arquitetura contemporânea no Brasil. São Paulo: Perspectiva, 1981.
BRUNA, Paulo J.V. Arquitetura, Industrialização e Desenvolvimetno. São Paulo: Editora Perspectiva, 1976
COMAS, Carlos Eduardo Moderna (1930 a 1960). In: MONTEZUMA, Roberto (Org). Arquitetura Brasil 500 anos. Recife: Universidade Federal do Pernambuco, 2002, p. 182-238.
LEMOS, Carlos A.C. Arquitetura brasileira. São Paulo: Melhoramentos, 1977
LEMOS, Carlos A.C. Arquitetura contemporânea. In: ZANINI, Walter (coord.). História Geral da Arte no Brasil. São Paulo: Instituto Walther Moreira Salles; Fundação Djalma Guimarães, 1983, p. 823-865.
LOURENÇO, Maria Cecília França. Operários da Modernidade. São Paulo: HUCITEC / EDUSP, 1995.
MINDLIN, Henrique. Modern architecture in Brazil. Rio de Janeiro: Colibris, 1956.
MONTEZUMA, Roberto (Org.). Arquitetura Brasil 500 anos: o espaço integrador. Recife: Universidade Federal do Pernambuco, 2008.
REIS FILHO, Nestor Goulart. Quadro da arquitetura no Brasil. São Paulo: Perspectiva, 1970.
SALMONI, Anita e DEBENEDETTI, Emma. Arquitetura Italiana em São Paulo. São Paulo: Perspectiva, 1981.
SEGAWA, Hugo (Org.) Arquiteturas no Brasil/Anos 80. São Paulo: Projeto, 1988.
SEGAWA, Hugo. Arquiteturas no Brasil. 1900-1990. 2.ed. São Paulo: Edusp, 2002.
SOUZA, Abelardo de. Arquitetura no Brasil: Depoimentos. São Paulo: Diadorim/EDUSP, 1978.
SOUZA, Ricardo Forjaz Christiano de. Trajetórias da Arquitetura Modernista. Caderno 10. São Paulo: Secretaria Municipal de Cultura, 1982.
XAVIER, A. Arquitetura moderna paulistana. São Paulo: Pini, 1985.

Código
Créditos
Área de Concentração