Desenho / Design / Arquitetura

Objetivos:

Analisar e identificar as principais relações entre o desenho e a arquitetura e o design. Desenvolver um instrumental para a interpretação dos diversos momentos em que o desenho atua na representação da arquitetura e no processo de projeto. Desenho enquanto concepção, registro, transmissão e elaboração de conhecimentos, ensino, descrição, análise e operacionalidade da arquitetura.

Justificativa:

O desenho necessita de um tratamento sistematizado porque quase toda a atividade projetual se realiza por meio de representações gráficas. Esses elaborados gráficos permitem a compreensão do ideário de obras ou produtos e de suas concepções, possibilitando também suas execuções. O desenho de arquitetura é também o principal elemento por meio do qual a arquitetura e o design são ensinados, sendo necessário o seu entendimento para o aprimoramento de toda a atividade didática.

Conteúdo:

Estudo do desenho como instrumento de conhecimento e produção da arquitetura e do design.

Forma de Avaliação:

Observação:

Elaboração de seminários e resenhas Participação nas atividades da disciplina Elaboração de monografia

Bibliografia:

ALBERTI, L.B. Da Pintura. Campinas: Ed. Unicamp, 1989.
ARNHEIM, R. Arte e percepção visual: uma psicologia da visão criadora. São Paulo: Pioneira, 1984.
BENÉVOLO, L. Introdução à arquitetura. São Paulo: Mestre Jou, 1972
BOSI, A. – Fenomenologia do olhar.in NOVAES, A. et all. O OLHAR. São Paulo: Companhia das letras, 1988
COSTA, L. Sobre arquitetura. Porto Alegre: Centro de estudantes universitários de arquitetura, 1962.
DEFORGE, Y. Le graphisme technique, son histoire et son enseignement. Paris:Buguet/Comptour Macon, 1981.
DERDIK, E. Formas de pensar o desenho: desenvolvimento do grafismo infantil. São Paulo: Scipione, 1989.
ESTEVEZ, D. Dessin d’architecture et infographie. Paris: CNRS, 2004
FERRAN, Philosophie de la compositiona architeturale. Paris: Vincent, 1955
SIMÓN FIZ, S. Contaminaciones figurativas. Madri: Alianza, 1986
FRASER, I.; HENMI, R. Envisioning Architecture: an analisys of drawing. Nova Iorque: VAN Nostrand Reinhold, 1993.
FRENCH, T. Desenho técnico. Porto Alegre: Globo, 1951.
GARCIA, Mark(org). The Diagrams of architecture. New Jersey, Wiley & Sons, 2010.
LAMPUGNANI, V. M. Dibujos y textos de la arquitectura del siglo XX. Utopia Y realidade. Barcelona: Gustavo Gilli, 1983.
LAPUERTA, J.M. de El croquis – Proyecto y arquitectura [Scintilla divinitatis]. Madri: Celeste, 1997.
MASSIRONI, M. Ver pelo desenho. Lisboa: Edições 70, 1996.
PENHT, W. Expressionist architecture in drawings. Londres Thames and Hudson, 1985
PUEBLA PONS. J. Neovanguardias y representación arquitectónica. Barcelona:UPC, 2002
Robins, E. Why Architects draw. Cambridge: MIT Pres, 1997.
SAINZ, J. El dibujo de arquitectura. Teoria Historia de un lenguage gráfico. Madri: Nerea, 1990.
TAGLIARI, A. Frank Lloyd Wright- Princípio, espaço e forma na arquitetura residencial. São Paulo: Annablume, 2011

TEXTOS

Artigas, J.B.V. O desenho. Aula inaugural da FAUUSP em 1967. In Caminhos da Arquitetura. p 41 137
BARKI, José. A invenção de Brasília: o “risco” de Lúcio Costa. São Carlos. Revista Risco, 2005 ou in GUIMARÃES, C.(org) “Arquitetura e movimento moderno. Rio de Janeiro: FAU UFRJ,2006.p.147-170.
BOSI, A. – Fenomenologia do olhar.in NOVAES,A. et all. O OLHAR. São Paulo: Companhia das letras, 1988
BRUSCATO, U.M. Digital practices in architecture: Six international experiences. ARQUITETURAREVISTA, VOL.7, NÚM.2, JULIO-DICIEMBRE, 2011, PP. 182-189,
GOLDSMITH, G. Design Representation: private process, public image. In “Design Representation” Londres: Springer, 2004.p203-217.
GOLDSMITH, Gabriela, KLEVITSKY, E. Graphic representation as a reconstrutive memory. Stirling’s German’s Museum projects. In Design Representartion. Londres SPRINGER: 2004. P.37-71
GRAVES, M. The necessity of drawing: tangible especulation.in revista Architectural Design nº6, 1977.
PUEBLA PONS, J. MARTÍNEZ LÓPEZ, V.M. El diagrama como estrategia del proyecto arquitectónico contemporaneo. Madri Revista EGA nº 16,2010,p96 a 105

DISSERTAÇÕES E TESES
Almeida, M.S. de. O desenho de o arquiteto. Dissertação de mestrado. São Paulo: FAUUSP, 1984.
Flório, W. O uso de ferramentas de modelagem vetorial na concepção de uma arquitetura de formas complexas. São Paulo: FAUUSP, 2005.
Gouveia, A.P. O croqui do arquiteto e o ensino do desenho. Tese de doutorado São Paulo:FAUUSP. 1998.
PERRONE, R.A.C. O desenho como signo da arquitetura. Tese de doutorado. São Paulo:FAUUSP, 1993.
PERRONE, R.A.C. Os croquis e os processos de projeto de arquitetura. Tese de livre-docência. São Paulo: FAUUSP, 2008

Código
Créditos
Área de Concentração