Seminário de Pesquisas em Hábitat

Objetivos:

Constituir-se como disciplina de formação e apoio ao desenvolvimento de pesquisas dos alunos da área. Nesses termos, deverá atender a aspectos de fundamentação teórica, metodologia do trabalho científico e construção do conhecimento. Deverá constituir-se como processo de: 1- consolidação da identidade da Área de Concentração e diálogo entre as diversas pesquisas, socializando e potencializando os trabalhos e reflexões do conjunto de pós-graduandos e docentes; 2- Atualização conceitual e programática da área HABITAT, trazendo temas de interesse a serem expostos por professores da Unidade ou professores e técnicos/especialistas convidados de outras Unidades da USP e outras Instituições, que estejam desenvolvendo pesquisas pertinentes aos trabalhos desenvolvidos na área. 3 – sistematização e aperfeiçoamento dos métodos de pesquisa e tecnologias de apoio apropriados aos trabalhos desenvolvidos na área.

Justificativa:

Existe por parte dos alunos grande interesse em participar da troca de conhecimento entre colegas da área; assim como da própria Área HABITAT, de definir e aperfeiçoar, a partir deste trabalho, o conjunto das linhas de pesquisa oferecidas, e lidar com lacunas teóricas, operacionais ou técnicas detectadas durante a apresentação dos trabalhos dos alunos.

Conteúdo:

A disciplina contará com seis sessões. Na primeira será feita pelos docentes uma apresentação da Área de Concentração, dos principais desafios teórico-metodológicos das pesquisas nela desenvolvidas e do acúmulo já constituído até o momento. Nas demais sessões serão desenvolvidas apresentações dos projetos de Mestrado / Doutorado pelos alunos matriculados. As sessões serão programadas pelos docentes segundo um cronograma organizado por temas afins. Em cada sessão, além dos docentes responsáveis pela disciplina deverão estar presentes os orientadores dos trabalhos apresentados. O conjunto de trabalhos da sessão será então debatido, sendo os principais aspectos relembrados no início da sessão seguinte. A participação nas sessões será aberta a todos os alunos da área de concentração. A agenda e resumos dos trabalhos deverão circular antecipadamente, por e-mail, não só entre os matriculados na disciplina, mas entre todos os alunos e docentes da área. Uma das sessões consistirá de oficina sobre instrumentos de consulta e pesquisa bibliográfica e tecnologias de apoio.

Forma de Avaliação:

Observação:

Bibliografia:

BONDUKI, N. G. Origens da habitação Social no Brasil. São Paulo: Estação Liberdade, 2004.
DAVIS, Mike. Planeta Favela. São Paulo, Boitempo, 2006
BIDOU-ZACARIASEN, Catherine. De volta à cidade. São Paulo, Annablume, 2006
DAGNINO, Evelina. Sociedade Civil, Espaços Públicos e a Construção Democrática no Brasil: limites e possibilidades. In: DAGNINO, Evelina (org). Sociedade Civil e Espaços Públicos no Brasil. São Paulo, Paz e Terra, 2002
HARVEY, David. O enigma do Capital. São Paulo, Boitempo, 2011
LEFEBVRE, Henri. A Revoluçâo Urbana, UFMG, Belo Horizonte, 1999.
LEMOS, Carlos A C.; SAMPAIO, Maria Ruth.A; Casa proletária em São Paulo. São Paulo: FAUUSP, 1993.
MARCUSE, Peter. O caso contra os direitos de propriedade. In: VALENÇA, Márcio (org) Cidade (I)legal. Rio de Janeiro, Mauad X, 2008.
MARÉS, C.F. ou SOUZA FILHO, C. F. M. . “Os Direitos Invisíveis”. In: PAOLI, Maria Célia; OLIVEIRA, Francisco de (Org.). Os sentidos da democracia: políticas do dissenso e hegemonia global. Petrópolis: Vozes, 1999, pp. 307-334.
MARICATO, Ermínia T.M. Metrópole na periferia do capitalismo: ilegalidade, desigualdade e violência. São Paulo, Hucitec, 1996.
MARICATO, Ermínia T.M. Nunca fomos tão participativos. www.cartamaior.com.br 29/11/2007
PEREIRA, P. C. X. (Org.); GITAHY, M. L. C. (Org.) . O complexo industrial da construção e a habitação econômica moderna. . 1. ed. São Carlos (SP): RiMa, 2002. 170 p.

Código
Créditos
Área de Concentração