Seminário de Pesquisas em Planejamento Urbano

Objetivos:

Propor um espaço para: 1- consolidação da identidade da Área Concentração e diálogo entre as diversas pesquisas, socializando os trabalhos e reflexões do conjunto de pós-graduandos e docentes; 2-atualização conceitual e programática da área PLANEJAMENTO URBANO , trazendo temas de interesse a serem expostos por professores da Unidade ou professores e técnicos/especialistas convidados de outras Unidades da USP e outras Instituições, que estejam desenvolvendo pesquisas pertinentes aos trabalhos desenvolvidos na área. 3 – sistematização e aperfeiçoamento dos métodos de pesquisa apropriados aos trabalhos desenvolvidos na área. 4- promoção de debates abertos para o conjunto de alunos e professores da pós graduação da FAUUSP de temas atuais de planejamento urbano em São Paulo

Justificativa:

Existe por parte dos alunos grande interesse em participar da troca de conhecimento entre colegas da área; além de uma flagrante carência de espaços de debate abertos e aprofundados sobre temas urbanísticos atuais da metrópole paulistana. Além disto é necessário ampliar as possibilidades de definir e aperfeiçoar a partir deste trabalho conjunto as linhas de pesquisa oferecidas, e lidar com lacunas teóricas, operacionais ou técnicas detectadas durante a apresentação dos trabalhos dos alunos.

Conteúdo:

A disciplina contará com quinze sessões, sendo três sessões dedicadas a temas da atualidade contando com palestrantes/debatedores convidados de dentro ou fora dos quadros docentes da FAU. As demais sessões serão dedicadas a apresentação das pesquisas dos alunos de Mestrado e doutorado da linha. Em cada uma destas sessões, além dos docentes responsáveis pela disciplina deverão estar presentes os orientadores dos trabalhos apresentados na sessão respectiva. O conjunto de trabalhos da sessão será então debatido, sendo os principais aspectos relembrados no início da sessão seguinte. A participação nas sessões será aberta a todos os alunos da área de concentração. A agenda e resumos dos trabalhos deverão circular antecipadamente, por e-mail, não só entre os matriculados na disciplina, mas entre todos os alunos e docentes da área.

Forma de Avaliação:

Observação:

Considerando que se trata de um seminário de debates sobre os projetos em desenvolvimento pelos alunos, avaliação será feita a partir da apresentação do projeto feita pelo aluno

Bibliografia:

BONDUKI, Nabil. Origens da habitação Social no Brasil. São Paulo: Estação Liberdade, 2004, 4a edição.
BONDUKI, Nabil Georges. Plano Diretor Estratégico de São Paulo? In: Bueno, Laura (organizadora). Planos Diretores no Brasil: experiências, limites e potencialidades. Campinas: PUCCamp, 2007.
CAMPOS FILHO, Candido Malta. Cidades Brasileiras: seu controle ou o caos. São Paulo:Nobel.1988.
CAMPOS FILHO, Candido Malta . Reivente seu Bairro. São Paulo: Editora 34. 2003.
DEAK, Csaba. Acumulação entravada no Brasil “E a crise dos anos 80″ Espaço e Debates 32.1991
DEAK, Csaba “Informalidade nas sociedades de elite na América Latina” Revista pós- 29 (junho).2011.
LEME, M. C.S.”A circulação de idéias e práticas na formação do urbanismo no Brasil”.in PONTUAL, Virginia e LORETTO, Rosane Piccolo(orgs) Cidade, território e Urbanismo. CECI, 2009 p 73-92.
LEME, M. C.S.””Transforming the modern Latin American city: Robert Moses and the International Basic Economy Corporation”.in Planning Perspectives vol 25 no 4 october 2010, Routledge Taylor and Francis, 515-528.
MARTINS, Maria Lucia Refinetti. São Paulo: além do Plano Diretor. In ESTUDOS AVANÇADOs, 47. São Paulo, 2003, p.167-186.
MARTINS, Maria Lucia Refinetti. O Estatuto da Cidade, Marco Referencial para a Política Urbana. Cadernos do IJB – no 1, Osasco, SP, Junho de 2004
NAMUR, Marly. A questão da localização no processo de produção pública habitacional da CDHU no espaço urbano.AMBIENTE CONSTRUÍDO: Edição Especial Habitação de Interesse Social, Porto Alegre, V4 N1, p. 55-66, 2004.(revista da ANTAC, de divulgação internacional)
NAMUR, Marly, Estado e Empresariado na Produção do Espaço Urbano.Cidade Industrial de Curitiba-Pr. (1973-1980), apresentado no SIMPÓSIO;Nuevas Dimensiones de la Industria y de lo Urbano en las Metrópolis Latinoamericanas.Congresso Internacional dos Americanistas, em Sevilha, 2006, publicado em CD-Rom .
NOBRE, Eduardo A. C. . Ampliação da Marginal do Tietê: demanda real ou rodoviarismo requentado? AU. Arquitetura e Urbanismo, v. 191, p. 58-63, 2010.
NOBRE, Eduardo A. C. . Políticas Urbanas para o Centro de São Paulo: renovação ou reabilitação? Avaliação das propostas da Prefeitura do Município de São Paulo de 1970 a 2004. Pós.Revista do Programa de Pós Graduação em Arquitetura e Urbanismo da FAU/USP, v. 25, p. 214-231, 2009.
ROLNIK R. Democracia no Fio da Navalha – Limites e Obstaculos Para Implementaçâo de uma Reforma Urbana n Brasil – Revista Estudos Urbanos e Regionais, vol 11.2, 2010
ROLNIK R.A Cidade e a Lei – São Paulo: Studio Nobel. 1997
SCHIFFER, Sueli – A dinâmica urbana e socioeconômica da Região Metropolitana de São Paulo: 1975-1995. In: Schiffer, S. “Globalização e estrutura urbana”. São Paulo, HUCITEC, 2004. p.166-196.
SILVA, R. T., PORTO, Monica Ferreira Do Amaral. Gestão urbana e gestão das águas: caminhos da integração.. Estudos Avançados. , v.17, p.129 – 146, 2003.
SILVA, R. T. Avaliação de desempenho em diferentes cenários de prestação dos serviços. In: Regulação. Normatização da prestação de serviços de água e esgoto. Fortaleza: Associação Brasileira de Agências Reguladoras. ABAR / Editora Pouchain Ramos., 2008, p. 115-144.Também disponível em
VARGAS, Heliana C. Espaço Terciário: o lugar, a arquitetura e a imagem do comércio. São Paulo: SENAC.2001.
VARGAS, Heliana C & CASTILHO, Ana L H. (orgs) Intervenções em centros urbanos.: objetivos, estratégias e resultados. São Paulo: MANOLE. 2006/2009
WITHAKER, João S Cidades Para Poucos ou Para Todos? Impasses da democratização das cidades no Brasil e os Riscos de um “Urbanismo às Avessas”, in OLIVEIRA, Francisco de, BRAGA, Ruy, RIZEK, Cibele. Hegemonia às Avessas. São Paulo: Boitempo Editorial, 2010.
WITHAKER, João S. São Paulo: cidade da intolerância, ou o urbanismo “à brasileira”. Revista do IEA no prelo
ZUQUIM M. Lourdes .Os Caminhos do Rural. Uma questão agrária e ambiental. São Paulo : Senac – São Paulo, 2007, v.1. p.224.
ZUQUIM, M. de L. Urbanização de assentamentos precários no município de São Paulo: quem ganha e quem perde? II Encontro da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo. Natal: UDUFRN, 2012. v. 1.

Código
Créditos
Área de Concentração