Seminários de História da Cidade e do Urbanismo

Objetivos:

O curso possui três objetivos básicos: 1. Indicar e examinar as questões contemporâneas que articulam a História da Cidade, do Urbanismo e do Projeto Urbano; 2. Aproximar os projetos e os conceitos que hoje pautam as intervenções nas cidades e metrópoles; 3 – Criar condições favoráveis para que se produza uma abordagem crítica que articule diferentes áreas do conhecimento.

Justificativa:

A ampliação do campo de conhecimento através da pesquisa de conceitos e projetos produzidos pela urbanização contemporânea exige do urbanismo novas formas de trabalho. Assim sendo, é indispensável revelar e examinar as dinâmicas que transformam a metrópole atual e, elaborar metodologia para conduzir o processo de reflexão, de análise e de proposição. Este método terá como finalidade articular as diversas áreas de conhecimento mantendo o objetivo de apresentar projetos e obras públicas que deverão criar novos espaços urbanos e favorecendo as funções da metrópole contemporânea. O traço mais importante desta abordagem é aproximar as questões urbanas presentes no universo da denominada “cidade existente” e o pensamento analítico e propositivo.

Conteúdo:

Temas do Curso: 1. – Os conceitos e os métodos na abordagem da História da Cidade e do Urbanismo; 2. – Novas tendências e prioridades na produção acadêmica contemporânea da História da Cidade e do Urbanismo; 3. – O papel do ensino da História da Cidade e do Urbanismo na formação profissional do arquiteto; 4. – A trajetória do planejamento urbano e ambiental como parte essencial da História do Urbanismo; 5. – A iconografia como matéria prima para a elaboração de análise histórica.

Forma de Avaliação:

1) participação ativa dos alunos em aula;2) apresentação nos seminários indicados no calendário; 3) TF relacionado com o trabalho de dissertação ou tese do alun

Observação:

Bibliografia:

ALEXANDER, Cristopher. “A new urban theory of urban design” .New York: Osford Press.,1987.
____________________. “A city is not a tree”. Architectural Forum, 1965.
ARGAN, G. C. História da Arte como história da Cidade. São Paulo: Ed. Martins Fontes, 1992.
ASCHER, François. Metápolis – ou l’avenir des Villes. Paris: Editions Odile Jacob, 1995.
ASCHER, François- Os novos princípios do urbanismO – São Paulo: Romano Guerra, 2010
AYMONINO, C. O significado das Cidades. Lisboa: Ed. Presença, 1984.
BENEVOLO, L. Origenes de la Urbanistica Moderna. Buenos Aires: Tekne, 1967.
BORJA, Jordi e CASTELLS, Manuel. “(1997)”Local y Global. La gestion de las ciudades em la era de la información”. UNCHS. Taurus. Madrid.
BRUEGMANN, Robert. Sprawl: a compact history. Chicago: The University of Chicago Press, 2005.
BUSQUET, Juan. “Evolución del Planeamiento hacia la Escala Intermedia”. Barcelona: s/d.
BUSQUETS, J. Barcelona. La construcción urbanística de una ciudad compacta. Ed del Serbal, Barcelona, 2004.
CACCIARI, Massimo. “Metropolis”. In: De la Vanguardia a la Metrópoli. Barcelona: Gustavo Gili, 1972.
CALABI, Donatella História do Urbanismo Europeu. São Paulo: Perspectiva, 2012
CASTELLS ,Manuel. “A sociedade em rede”. São Paulo: Paz e Terra, 1999.
CASTELLS, M. & HALL, Peter. Technopoles: Mines and Foundries of the Informational Economy. London: Routledge, 1994.
CASTELLS, Manuel & MOLLENKOFF, J. Dual City. New York: The Russel Foundation, 1991.
CHOAY, Françoise. El Urbanismo, Utopias y Realidades. Barcelona: Ed. Lumen, 1970.
CIUCCI, G.; DAL CO F.; MANIERI, Elia M.; TAFURI, M. La Ciudad Americana. Barcelona: Ed. Gustavo Gili, 1975.
FORMAN , Richard – Urban Regions. Ecology and Planning Beyond the city. Cambridge University Press, Cambridge NY, 2008
COLQUHOUN, A. – Modernity and the Classical Tradition. London: M.I.T. Press Cambridge, Massachusetts, 1991
CORBUSIER, LE. “Urbanismo”. São Paulo: Ed. Martins Fontes, 1990.
GARREAU, Joel. Edge City. Life on the New Frontier. New York: Doubleday, 1991.
GIDDENS, Anthony. As Conseqüências da Modernidade. São Paulo: Unesp, 1994.
GRAHAM, S. & MARVIN, S. Splintering Urbanism. London: Routledge, 2001.
GROSTEIN Marta Dora. A Cidade Clandestina: os ritos e os mitos. O papel da irregularidade na estruturação do espaço urbano no municipio de São Paulo. Tese de Doutorado. FAUUSP 1987.
HABERMAS, Juergen. “Arquitetura Moderna e Pós-Moderna”, in Revista Novos Estudos, São Paulo, 1987.
HALL, Peter – The World Cities (Las grandes ciudades y sus problemas – versão em espanhol. Ed. Guadarrama/Madrid – 1966) Ed. Mac Graw – Hill. New York, 1966.
HALL, Peter. Urban Regional Planning. London: Ed. Routledge, 1992.
HARVEY, David – A Justiça Social e a Cidade. Pioneira. 1973.
HARVEY, David. A Condição Pós-moderna. São Paulo: Loyola, 1993.
HERCE, Manuel – Sobre La movilidad en La ciudad. Ed Reverté, Barcelona, 2009
HERCE Manuel, FARRERONS, Joan EL soporte infraestructural de La ciudad. Ed UPC Barcelona, 2010
HERCE, Manuel , TORNER Francesc– La ingenieria en La evolucion de La urbanística. Ed UPC Barcelona , 2010
HOBSBAWM, E.J. “Era dos extremos. O breve século XX – 1914/1991”. São Paulo: Companhia das letras, 1995.
JACOBS, Jane “Morte e vida de grandes cidades”. São Paulo: Editora Martins Fontes, 2000.
JACOBS, Jane. The Economy of Cities. New York: Random House, 1969.
KOLHASS, Rem & MAU, Bruce. S, M, L, XL. Rotterdam: OMA/Jennifer Sigler, 1995.
KOPP, A. Quando o moderno não era um estilo e sim uma causa. São Paulo: Ed. Nobel, 1990.
KRIER, Rob. – Urban Space. Academy Editions Londres. 1979.
KURZ, Robert. O Colapso da Modernização. São Paulo: Paz e Terra, 1993.
LABORATÓRIO DE URBANISMO DE BARCELONA. – Teoria y experiência de la urbanización marginal. In: LEWIS. El crescimiento de las ciudads. Barcelona, Gilli, 1971.
LE CORBUSIER. Planejamento Urbano. São Paulo: ER. Ed. Perspectiva.
MEYER, R; GROSTEIN, M. D.; BIDERMAN, C. São Paulo Metrópole. São Paulo: EDUSP/Imprensa Oficial, 2004.
MEYER, Regina Maria Prosperi – Metrópole e urbanismo. São Paulo anos 50. Tese de Doutorado. FAUUSP, 1991.
MEYER, Regina Maria Prosperi – Urbanismo – à procura do espaço perdido. in Revista USP nº 5, 1990, pg 11 a pg 20.
MORRIS, U. História de la Forma Urbana. Barcelona: Ed. Gustavo Gili, 1979.
MUNFORD, L. A Cidade na História. São Paulo: Ed. Martins Fontes.
PORTAS, Nuno – A cidade como arquitetura. Ed. Livros Horizonte, Lisboa, 1970.
PORTAS, Nuno – Notas sobre a intervenção na cidade existente. Revista Sociedade e Território. Lisboa nº. 2.
PORTAS, Nuno – O projeto Urbano entre o Planejamento e a Arquitetura. (não publicado)
PORTAS, Nuno (1998). “L’emergenza del progetto urbano”, in: Revista Urbanística 110, Roma, Giugno, 1998.
QUARONI, Ludovico – La Torre de Babel. Ed. Gustavo Gili, Barcelona, 1970.
RAMOS, Angel – Lo Urbano. Barcelona: ETAB / Universitat Politécnica de Catalunya, 2004.
REIS FILHO, Nestor Goulart. Estudo da Evolução Urbana do Brasil – 1500-1720. São Paulo, Pioniera, 1968.
REIS FILHO, Nestor Goulart. Notas sobre o Urbanismo no Brasil. Segunda Parte; século XIX e XX. Cadernos de Pesquisa do LAP nº 9 out 1995. Série Urbanização e Urbanismo.
REIS FILHO, Nestor Goulart. Quadro de Arquitetura no Brasil. São Paulo, perspectiva, 1969
ROSSI, A. A arquitetura da cidade. São Paulo: Ed. Martins Fontes, 1995.
ROWE, C.; KOETTER, F. Collage City. Chicago: M.I.T. Press. Cambridge Massachussets Institute of Technnology, 1993.
SASSEN, S. The Global City: New York, London and Tokyo. Princenton: Princeton University Press, 1991.
SASSEN, Saskia. As Cidades na Economia Mundial. São Paulo: Studio Nobel, 1998.
SAXENIAN, A. Regional Advantage: Culture and Competition in Silicon Valley and Routte 128. Cambridge: Harvard University Press, 1994.
SCOTT, Allen J.; SOJA, Edward W. “The City: Los Angeles and Urban Theory at the end of the twentieth Century”. California:
SCOTT-BROWN, Denise. “Urban Concepts: rise and fall of community architecture”. Architectural Design Profile.
SECCHI, Bernardo & VIGANÓ, Paola. “Piani e Progetti Recenti di Studio 1998”. Urbanistica, n. 111, Turim, dez. 1998.
SECCHI, Bernardo. “Nuovi Luoghi della Sociabilità: Il Progetto della Discontinuità”. Ottagono, Istituto Universitario di Architettura di Venezia, jan. 2001.
SECCHI, Bernardo. Prima Lezione di Urbanistica. Bari-Roma: Laterza, 2000.
SENNET, Richard. “The uses of disorder”. New York: W.W. Norton Edit, 1970.
SICA, Paolo. História Del Urbanismo. El Siglor XX. Madrid: Instituto de Estudios de Administracion Local, 1981.
SMITH, Neil. The New Urban Frontier: Gentrification and the Revanchist City. New York: Routledge, 1996.
SOLA MORALES, Manuel. Las Formas de Crecimiento Urbano, Ed. UPC, 1997.
SOLA MORALES, Manuel – Diez Lecciones sobre Barcelona. Barcelona COAC, 2008
SOLA MORALES, Manuel – De Cosas urbanas . Editorial Gustavo Gili, Barcelona, 2008.
SORKIN, Michael. “Variations on a theme park: the new american city and the end of public space”. New York: Noonday, 1992.
TAFURI, M. Projecto e Utopia. Lisboa: Ed. Presença, 1985.
TAFURI, Manfredo (et alii) – La ciudad americana de la guerra civil al New Deal. Barcelona, Gilli, 1971
TSCHUMI, B. Event Cities. London: M.I.T. Press Cambridge, Massachusetts, 1994.
URBANISMO Revista 2 – La escala intermédia nuevo planos catalanes. Laboratório de Urbanismo de Barcelona. Escola Técnica Superior d’Arquitectura. mayo 1985.
URBANISMO Revista 3 – La forma edificada. Laboratório de Urbanismo de Barcelona. Escola Técnica Superior d’Arquitectura. Sept.1985.
URBANISMO Revista 9/10 – Projectar la periferia. Laboratório de Urbanismo de Barcelona. Escola Superior d’Arquitectura.
VENTURI, R.; SCOTT-BROWN, D. A View from the Campidoglio. New York: Harper &Row Publishers, 1984
WATSON, S.; GIBSON, K. (editores). Postmodern Cities & Spaces. Oxford: Blackwell, 1995.
WRI (World Resources Institute). A Guide to the Global Environment: The Urban Environment, 1996-1997. Habitat II. Oxford: Oxford University Press, 1996.

Código
Créditos
Área de Concentração