Homem, Arquitetura e Urbanismo

Introdução aos conceitos de conforto ambiental (térmico, acústico, luminoso e ergonomia) e de eficiência energética;

Sensibilização por meio de trabalhos de campo e ensaios com modelos físicos;

Estudo da importância dos significados e dos recursos da ergonomia para concepção, a organização e o dimensionamento do ambiente construído, avaliando a influência dos fatores físicos, ambientais, sócio-culturais e psicológicos sobre o comportamento humano, objetivando condições de conforto e segurança, mobilidade e acessibilidade.