Edital ATAc 059/2013

Universidade de São Paulo
Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

Departamento de Tecnologia da Arquitetura

Edital ATAc 059/2013

Abertura de inscrições ao concurso público de títulos e provas visando o provimento de um cargo de professor titular, em RDIDP, junto à área de Conhecimento de Tecnologia da Arquitetura e do Urbanismo do Departamento de Tecnologia da Arquitetura da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo.
O Diretor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo torna público a todos os interessados que, de acordo com o deliberado pela Congregação, em sessão ordinária realizada em 25.10.2013, estarão abertas, pelo prazo de 180 (cento e oitenta) dias, no período de 01.11.2013 a 29.04.2014, de segunda a sexta-feira, exceto feriados e pontos facultativos das 09h às 12h e das 13h às 16h, as inscrições ao concurso público de títulos e provas para provimento de um cargo de Professor Titular, em RDIDP, referência MS-6, no cargo/claro nº 222.291 em vaga decorrente da aposentadoria do Professor Titular Khaled Ghoubar, com salário de R$ 13.653,62 (treze mil, seiscentos e cinquenta e três reais e sessenta e dois centavos), junto à área de conhecimento de Tecnologia da Arquitetura e do Urbanismo do Departamento de Tecnologia da Arquitetura da FAUUSP, nos termos do Regimento Geral da USP, e do Regimento da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, e o respectivo programa que segue:

  • AUT 0520 – Prática Profissional e Organização do Trabalho;
  • AUT 0579 – Acessibilidade e Segurança de Edificações;
  • AUT 5805 – Avaliação Pós-Ocupação no Ambiente Construído.
  • O corpo normativo e a sua relação com a responsabilidade
    do arquiteto no projeto de edificações;
  • A integração entre os conceitos de acessibilidade e segurança
    contra incêndio no projeto;
  • A influência da regulamentação edilícia e urbanística no
    projeto de segurança contra incêndio do ambiente construído;
  • A segurança como referência para a qualidade no processo
    de projeto;
  • A acessibilidade física e sua relação com a segurança de
    uso em edificações;
  • A saída de emergência como parâmetro para avaliação da
    qualidade do projeto;
  • A importância da segurança contra incêndio em edifícios
    complexos;
  • A importância das decisões arquitetônicas no projeto de
    segurança contra incêndio;
  • A Avaliação Pós-Ocupação (APO) como procedimento
    metodológico para a realimentação do processo de projeto;
  • A Avaliação Pós-Ocupação (APO) centrada no ambiente
    e na pessoa;
  • A importância da aplicação da APO em estudos de caso: a
    pesquisa voltada para a qualidade do projeto;
  • Análise crítica da APO;
  • Reflexões sobre a tecnologia da arquitetura.

O concurso será regido pelo disposto no Estatuto, no Regimento Geral da Universidade de São Paulo e Regimento da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, criado pela Resolução nº 4055, de 22 de Novembro de 1993, e demais normas estatutárias.

1. As inscrições serão feitas na Assistência Técnica para Assuntos Acadêmicos, sito a Rua do Lago, 876, Cidade Universitária “Armando de Salles Oliveira”, devendo o candidato apresentar requerimento dirigido ao Diretor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, de acordo com modelo disponibilizado no sítio da FAUUSP (www.fau.usp.br/concursos), contendo dados pessoais e área de conhecimento do Departamento a que concorre, acompanhado dos seguintes documentos:

  • I – memorial circunstanciado, em 10 (dez) cópias, no qual sejam, comprovados os trabalhos publicados, as atividades realizadas pertinentes ao concurso, e as demais informações que permitam avaliação de seus méritos. Por memorial circunstanciado, entende-se a apresentação de análise reflexiva sobre a formação acadêmica, as experiências pessoais de estudo, trabalhos, pesquisas, publicações e outras informações pertinentes à vida acadêmica e profissional indicando motivações e significados.
    Esse Memorial deverá ser acompanhado da documentação correspondente ao alegado, de forma que se possa correlacionar cada atividade declarada no Memorial com a respectiva peça da documentação. O candidato deverá salientar o conjunto de suas atividades didáticas e contribuições para o ensino;
  • II – prova de que é portador do título de Livre-Docente outorgado pela USP, por ela reconhecido ou de validade nacional (original e uma cópia);
  • III – prova de quitação de serviço militar para candidatos do sexo masculino (original e uma cópia);
  • IV – título de eleitor e comprovante de votação da última eleição, prova de pagamento da respectiva multa ou a devida justificativa (original e uma cópia).
    Parágrafo Primeiro: Os docentes em exercício na USP serão dispensados das exigências referidas nos incisos III e IV, desde que as tenham cumprido por ocasião de seu contrato inicial.
    Parágrafo Segundo: Os candidatos estrangeiros serão dispensados das exigências dos incisos III e IV, devendo apresentar cópia de visto temporário ou permanente que faculte o exercício de atividade remunerada no Brasil.
    Parágrafo Terceiro: Caso o candidato não satisfaça a exigência do inciso II e desde que não pertença a nenhuma categoria docente da USP, poderá requerer sua inscrição como especialista de reconhecido valor, nos termos do artigo 80, parágrafo primeiro do Estatuto, o que dependerá da aprovação de dois terços dos membros da Congregação.
    Parágrafo Quarto: No ato da inscrição os candidatos deverão entregar a documentação acondicionada em pastas ou caixas (tipo arquivo), devidamente etiquetadas, com nome do candidato, número do edital e com indicação dos números os
    documentos contidos em cada uma delas, juntamente com uma lista dos referidos documentos.

2. As inscrições serão julgadas pela Congregação em seu aspecto formal, publicando-se a decisão em edital.
Parágrafo Único: O concurso deverá realizar-se após aceitação da inscrição, no prazo de 30 (trinta) a 180 (cento e oitenta dias), após aprovação das inscrições, segundo prevê o artigo 151, parágrafo 2º, do Regimento Geral da USP.

3. As provas constarão de:

  • I – julgamento de títulos: peso 4 (quatro);
  • II – prova pública oral de erudição: peso 2 (dois);
  • III – prova pública de argüição: peso 4 (quatro).

4. O julgamento dos títulos, expresso mediante nota global, deverá refletir o mérito do candidato, como resultado da apreciação do conjunto e regularidade de suas atividades, compreendendo:

  • I – produção científica, literária, filosófica ou artística;
  • II – atividade didática universitária;
  • III – atividades profissionais, ou outras, quando for o caso;
  • IV – atividade de formação e orientação de discípulos;
  • V – atividades relacionadas à prestação de serviços à comunidade;
  • VI – diplomas e dignidades universitárias.
  • Parágrafo Único: No julgamento dos títulos deverão prevalecer as atividades desempenhadas nos cinco anos anteriores à inscrição.

5. A prova pública oral de erudição será realizada de acordo com o programa previsto neste edital, competindo a Comissão Julgadora decidir se o tema escolhido pelo candidato é pertinente ao programa, de acordo com o artigo 156, do Regimento Geral da USP e com o Regimento da FAU, na forma do artigo 158.

6. O ingresso do docente em RDIDP é condicionado à aprovação da CERT, na forma da Resolução 3533/89 e demais disposições regimentais aplicáveis.

7. O concurso terá validade imediata, exaurindo-se com a nomeação do candidato aprovado.

8. Maiores informações bem como as normas pertinentes ao concurso encontram-se a disposição dos interessados na Assistência Técnica Acadêmica da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, no horário e endereço acima citado, ou através do e-mail: academicafau@usp.br.

Assistência Técnica Acadêmica da Faculdade de Arquitetura
e Urbanismo da Universidade de São Paulo.