Archives

Peconheiros – Projeto de Design na Amazônia

Convidamos a todos para a exposição “Peconheiros”

Como parte de um projeto conduzido pela Spirit of Poland Foundation, durante uma visitade 10 dias à comunidade de Boa Vista do Acará, a equipe de designers Monika Brauntsch, Dorota Kaba?a e Carolina Menezes, em conjunto com a comunidade local, trabalharam a questão da segurança ao coletar o açaí.

A exposição foi apresentada pela primeira vez no festival Gdynia Design Days 2017, no Museu da Casa Brasileira em 2018 e agora na FAUUSP com o apoio do Escritório de Cultura, Artes e Design da USP, aproxima e traz visibilidade ao trabalho dos peconheiros, além de apresentar protótipos desenvolvidos durante a estada na Amazônia, que buscam melhorar a segurança de trabalho deles.

Programação:
04 de abril, quinta-feira:
17:00-18:00 hs – Abertura e visita guiada com as designers.
Local: Salão Caramelo – FAUUSP


05 de abril, sexta-feira:
14:00-18:00 hs – Workshop "Design approach in problems solving"
Local: Sala 806 – FAUUSP
18:30-19:30 hs – Palestra e discussão sobre o projeto "Peconheiros"
Local: Sala 812 – FAUUSP


Evento Gratuito
Mais informações: https://www.facebook.com/events/2116072621847052/

Exposição “Extensão: conheça os Coletivos”

Exposição: “Extensão: conheça os coletivos”

A exposição foi organizada pelos Coletivos da FAUUSP, com apoio da Comissão de Cultura e Extensão Universitária da FAU (CCEU) e tem por objetivo divulgar as atividades de cultura e extensão auto geridas por estudantes na Graduação, integrando a Universidade à sociedade.

Cada Coletivo possui diferentes objetivos, atuações e peculiaridades e, vendo-os lado a lado, pode-se observar a pluralidade de iniciativas existentes em nossa faculdade.

Professora responsável: Maria Lucia Refinetti Rodrigues Martins do Departamento de Projeto

EXPOSIÇÃO: LIUBLIANA DE PLECNIK (PLE?NIK) 

EXPOSIÇÃO: LIUBLIANA DE PLECNIK (PLE?NIK) 

Abertura da Exposição: 15/03/2019, às 10h00, Sala 807

A Exposição permanecerá de 15 a 20 de março de 2019, somente de segunda à sexta-feira, das 8h00 às 20h00.

 

A Embaixada da Eslovênia em parceria com a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP) abrirá uma exposição intitulada “Liubliana de Ple?nik” sobre vida e obra do maior arquiteto esloveno, Joze Plecnik (Jože Ple?nik). 

Plecnik viveu entre 1872 e 1957 e tem o mesmo significado e importância para Eslovênia que o Oscar Niemayer tem para o Brasil. 

Joze Plecnik desenhou edifícios e setores da capital eslovena, Liubliana, durante a primeira metade do século XX. 2017 foi declarado na Eslovênia como o ano de Plecnik. Por esta ocasião o Ministério da Cultura da Eslovênia lançou uma exposição que conta com 20 painéis em português e inglês apresentando as principais obras do arquiteto, as quais podem ser admiradas ao se visitar a capital da Eslovênia. 

No Brasil a exposição já foi realizada três vezes; em 2017 no Palácio do Governo do Distrito Federal, quando se comemorou também os 25 anos das relações diplomáticas entre a Eslovênia e o Brasil, e posteriormente na Universidade de Brasília. 

No ano passado a exposição viajou para a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo na PUC Minas em Belo Horizonte. Esta exposição é acompanhada de uma palestra da arquiteta esloveno-brasileira, Arq. Ma. Darja Kos Braga. Ela ministrou uma série de palestras em universidades de Brasília em seus departamentos de arquitetura e no ano passado na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo na PUC Minas. 

É uma honra para embaixada poder realizar pela quarta vez a exposição, desta vez em São Paulo, na mais renomada e importante universidade do país, Universidade de São Paulo. A abertura da exposição que vai contar com a presença do embaixador da Eslovênia, Alain Brian Bergant e da diretora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, Profª Drª Ana Lúcia Duarte Lanna, será seguida por um café da manhã na sexta feira, dia 15 de março de 2019, às 10h no piso das salas de aula da FAU. 

Após abertura a Arq. Ma. Darja Kos Braga dará a palestra intitulada: “Arquiteto Joze Plecnik e sua obra Humanista e Atemporal” que apresenta o contexto histórico e geográfico da vida de Plecnik. Em seguida haverá uma mesa redonda com a presença do Prof. Dr. Hugo Segawa e da Arq.Ma. Marina Amado. A arquiteta Darja Kos Braga também dará uma palestra na quinta-feira, dia 14 de março de 2019 às 19:30 no Centro de Pesquisa e Formação SESC São Paulo localizado na Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – 4º andar, Bela Vista – São Paulo. 

exposição estará aberta ao público até o dia 29 de março

As obras de Jože Ple?nik marcaram significativamente as capitais europeias: Liubliana, Viena e Praga. Independente dos estilos de arquitetura do começo do século 20, ele desenvolveu o seu próprio estilo, atemporal e cheio de simbolismo. 

A sua arquitetura oferece soluções universais e segue atual nos dias de hoje. 

Além disso, suas obras foram nominadas para inscrição na lista do Patrimônio da Humanidade da UNESCO. 

Tanja Masla? encarregada dos assuntos culturais e mídia T: 61 3365 1445 C: 61 98675 5578 

Email: tanja.maslac@gov.si

Dez obras primas em Liubliana feitas por Joze Plecnik: https://bit.ly/2T4p2Bx  

Mercado municipal Fonte: slovenia.info 

Cemitério de Žale (Jardim de todos os Santos) 

Fonte: slovenia.info 

Biblioteca Nacional e Universitária 

Fonte: slovenia.info  

 

 

Serviço: 

Abertura Da Exposição: Liubliana De Plecnik (Ple?nik)

Data: 15/03/2019

Horário: 10h

Local: Sala 807 – FAUUSP

Ver convite 

Mais informações 

 

Exposição  “A paisagem do Trabalho / The Landscape of Work”

 

Projeto realizado por equipe de professores e alunos da FAUUSP, que recebeu Menção Honrosa na Biennale de Venezia de 2018.

FAU foi uma das 9 Faculdades convidadas pela Biennale de Venezia, entre as mais prestigiosas do mundo, para participar de um concurso internacional cujo objeto era repensar o uso atual e futuro da Região de Marghera, a zona industrial de Veneza, cuja área equivale a praticamente 10 vezes a área da cidade.

O desafio maior que se apresentou às equipes, como de resto em todas as zonas de desindustrialização no mundo, foi o de se pensar a recapacitação física e social desses espaços, hoje em estado parcial de abandono e contaminação ambiental, que por sua localização estratégica e dimensões devem ser revitalizados para serem reincorporados na vida da cidade pós-industrial.

O projeto resultou num vídeo exibido durante a Biennale de Venezia, que será apresentado aqui na Exposição do Salão Caramelo, junto a painéis expositivos, desenhos originais e maquetes.

Serviço:

Data: 04 a 14/12/2018
Local: Salão Caramelo FAUUSP
Curadoria: Prof. Dr. Francisco Spadoni

Obs.: O  Edifício Vilanova Artigas fica aberto somente de segunda a sexta-feira.

Palestra com professor João Carlos Cauduro “Avenida Paulista”

O professor João Carlos Cauduro apresentará o Projeto da Avenida Paulista – Sistemas de Sinalização e Mobiliário Urbano, desenvolvido e implantado na década de 1970 pelo escritório Cauduro Martino Arquitetos Associados.

A palestra é gratuita e aberta ao público em geral.

Atividade da disciplina de graduação AUP2416 – Projeto de Produto VIII do Curso de Design da FAUUSP.This image requires alt text, but the alt text is currently blank. Either add alt text or mark the image as decorative.

II Seminário Internacional Espaços Narrados: As línguas na construção dos territórios ibero-americanos

 

II Seminário Internacional Espaços Narrados: “As línguas na construção dos territórios ibero-americanos”

PRAZO ESTENDIDO ATE 20 DE JANEIRO

O seminário propõe discutir as representações dos espaços e territórios ibero-americanos, com destaque para o papel das línguas na constituição dos imaginários, das paisagens e dos seus significados.

A narrativa como forma de reconhecimento, compreensão e proposição de um devir é, portanto, o foco de interesse do seminário: as línguas portuguesa, espanhola e nativas configuram os patrimônios culturais identificados com lugares e sistemas de comunicação de sentimentos, percepções e visões de mundos em trânsito e em diálogo por estes múltiplos territórios.

Conhecer a variedade das narrativas nos seus mais diversos propósitos, meios, suportes e linguagens é uma forma de abordar os significados construídos sobre os lugares ibero-americanos.

Voltemos a nossa atenção para as ações produzidas pela consciência inscrita nas línguas ao se confrontarem com o desafio do conhecimento do espaço, do território, da paisagem e do lugar: descrever, inventariar, discriminar, ordenar, cartografar, valorizar, eleger, formular, propor, fundamentar, imaginar, visualizar, representar e desenhar.

A viagem é um tema onipresente nos espaços narrados – a própria narrativa é, antes de tudo, viagem – espaços apresentados pela perspectiva do narrador a outrem. As línguas, sejam como instrumentos de representação dos territórios físicos ou imaginados, sejam como atividade do pensamento, são essencialmente viagem: trânsito entre o visto e o imaginado, entre o percebido e o interpretado, entre a forma e o significado, entre a imagem e a palavra, entre a fala e a escrita. E sendo viagem, as línguas são, sobretudo, aproximações.

Com igual importância, na proposta deste seminário emerge um outro tema central: o reconhecimento da valiosa contribuição da literatura para a arquitetura e o urbanismo, para a sensibilização e para o entendimento da nossa sociabilidade, das nossas imensas culturas urbanas, das nossas expressões sobre o morar e o viver, das nossas cidades e da nossa gente.

Livros, revistas e jornais; romances, crônicas e poesias; manifestos, discursos e aulas; relatos, descrições e inventários; mapas, cartas e documentos; pintura, fotografia e cinema – narrativas sobre espaços, narrativas sobre nós mesmos, presentes na arquitetura e no urbanismo.

 

Subtemas

  1. As crônicas, os inventários e a literatura na construção dos lugares
  2. Paisagens culturais ibero-americanas: língua, patrimônio e narrativa.
  3. As cidades e a navegação das idéias
  4. Viagens: relatos e iconografias
  5. Cartografia, desenho e palavra
  6. Tradução e trânsito entre linguagens

 

Concepção e organização

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) e Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da Universidade de São Paulo

Data: 4 a 7 de junho de 2019

Local: FAU e IEB – USP – Cidade Universitária – São Paulo, Brasil

 

Comissão Organizadora

 Agnaldo A. C. Farias

Ana Claudia S. V. Castro

Fernando Paixão

Fernanda Fernandes da Silva

Gabriel Pedrosa Pedro

Guilherme T. Wisnik

Íris Kantor

Joana Barossi

Jorge Figueira

Klara Kaiser Mori

Luís Antônio Jorge

Luis Carlos B. Ludmer

Marta V. Bogea

Paulo T. Iumatti

 

Taxas de inscrição

Participante profissional – R$ 330,00

Participante docente – R$ 210,00

Participante discente – R$ 90,00

A inscrição deverá ser enviada para o e-mail espacosnarrados2@gmail.com

 

Datas e prazos

1. Envio de Resumo Expandido até 20 de janeiro de 2019

Título do trabalho, nome do autor, titulação e instituição, tamanho entre 500 e 600 palavras, indicação de 3 palavras-chave/keywords

Enviar o resumo para espacosnarrados2@gmail.com

2. Resposta de aceite: 25 de fevereiro de 2019

3. Envio do texto completo até 27 de março de 2019

Texto com até 6.000 palavras; páginas numeradas (numeração na parte inferior, à direita); título principal Arial 14 negrito, subtítulos Arial 12 negrito, corpo do texto Arial 11 normal, espaço entrelinhas 1,5 e sem espaço entre parágrafos com recuo de 1,5cm na primeira linha; as ilustrações deverão ser salvas em JPG e inseridas no texto próximas ao trecho a que se referem; recomenda-se que gráficos, figuras, fotos e qualquer arquivo gráfico, estejam inseridos no texto em padrão JPG, resolução até 96 dpi para não exceder 3Mb no total; a numeração das figuras (Figura 1, por exemplo), seguida da legenda em corpo 10 normal, deve aparecer logo abaixo das mesmas, centralizado; separar do texto as tabelas e figuras com 1 linha antes e depois; notas de rodapé (não usar notas de fim), fonte Arial 8 normal, parágrafo justificado; as referências devem ser feitas no formado Autor-Ano; as citações que excederem 3 linhas deverão ser em itálico, Arial 11 com recuo esquerdo de 1cm; as referências bibliográficas deverão ser reunidas no final do artigo em uma relação única em ordem alfabética, com entre linhas simples.

Enviar o texto para espacosnarrados2@gmail.com

LínguasPortuguês, Espanhol

 

Programação

Dia 4 de junho:

15:00 às 16:00h: credenciamento e entrega de material

16:00h: Sessão de abertura: apresentação do Seminário / Apresentação artística

17:00h: Lançamento de livros e abertura da exposição

 

Dia 5 de junho:

8:30/10:00h: Mesa Redonda 1- As crônicas, os inventários e a literatura na construção dos lugares

10:00/11:30h: Mesa Redonda 2 – Paisagens culturais ibero-americanas: língua, patrimônio e narrativa

Café

12:00h/13:00h: Conferência 1: Arquiteto espanhol (aguardando confirmação)

Almoço

14:30/16:00h: Sessões Temáticas – sub-temas 1, 2 e 3

16:00/17:30h: Sessões Temáticas – sub-temas 4, 5 e 6

Café

18:00h: Conferência 2: Escritor brasileiro (aguardando confirmação)

 

Dia 6 de junho:

8:30/10:00h: Mesa Redonda 3 – As cidades e a navegação das idéias

10:00/11:30h: Mesa Redonda 4 – Viagens: relatos e iconografias

Café

12:00h/13:00h: Conferência 3: Arquitetos chilenos Mauricio Pezo & Sophia von Ellrichshausen

Almoço

14:30/16:00h: Sessões Temáticas – sub-temas 1, 2 e 3

16:00/17:30h: Sessões Temáticas – sub-temas 4, 5 e 6

Café

18:00h: Conferência 4: Escritor argentino (aguardando confirmação)

 

Dia 7 de junho:

8:30/10:00h: Mesa Redonda Sub-tema 5

10:00/11:30h: Mesa Redonda Sub-tema 6

Café

12:00h/13:00h: Conferência 5: Arquiteto português (aguardando confirmação)

Almoço

14:30/16:00h: Sessões Temáticas – sub-temas 1, 2 e 3

16:00/17:30h: Sessões Temáticas – sub-temas 4, 5 e 6

Café

18:00h: Conferência 6: Escritor moçambicano João Paulo Borges Coelho

19:30h: Sessão de encerramento e confraternização

 

 

Comitê Científico

Luís Antônio Jorge – FAU/USP – São Paulo – (presidente)

Ana Maria de Moraes Belluzzo – FAU/USP – São Paulo

Ana Claudia S. V. Castro – FAU/USP – São Paulo

Marta V. Bogea – FAU/USP – São Paulo

Fernando Paixão – IEB/USP – São Paulo

Paulo T. Iumatti – IEB/USP – São Paulo

Iris Kantor – FFLCH/USP – São Paulo

Fraya Frehse – FFLCH/USP – São Paulo

Abílio da Silva Guerra Neto – FAU/UPM – São Paulo

Cecília Rodrigues dos Santos – FAU/UPM – São Paulo

Lucrécia D’Alessio Ferrara – PUC/SP – São Paulo

Margareth Aparecida Campos da Silva Pereira – FAU/UFRJ – Rio de Janeiro

Robert Moses Pechman – IPPUR/UFRJ – Rio de Janeiro

Ana Luiza Nobre – PUC/RJ – Rio de Janeiro

Flávio de Lemos Carsalade – EA-UFMG – Belo Horizonte

Paola Berenstein Jacques – FA-UFBA – Salvador

Angela Prysthon – UFPE – Recife

Maria Stella Martins Bresciani – IFCH/UNICAMP – Campinas

Alex S. Calheiros de Moura – IHD/UnB – Brasília

Carlos Eduardo Comas – UFRGS – Porto Alegre

Maria Madalena A. Cunha Matos – FA/UL – Lisboa

Ana Cristina F. Vaz Milheiro – FA/UL – Lisboa

Pedro António Janeiro – FA/UL – Lisboa

Jorge Figueira – CES/UC – Coimbra

Luís Eugénio da Silva Lage – FAPF/UEM – Maputo

Alejandro Tapia – UAM-Xochimilco – Cidade do México

Luis Antonio Rivera Díaz – UAM-Cuajimalpa – Cidade do México

Mariana Ozuna Castañeda – FFL-UNAM – Cidade do México

Adrián Gorelik – UNQ – Buenos Aires

Graciela Silvestri – Universidad Nacional de La Plata

Jorge Vicente Ramírez Nieto – UNC – Bogotá

Sharif Samir Kahatt Navarrete – PUC Peru – Lima

Victoria Saramago – The University of Chicago

Bruno Carvalho – Faculty of Arts and Sciences – Harvard University