FAU NA MÍDIA – Pesquisa detecta 30 mil famílias removidas de áreas irregulares na Grande SP

Paula Santoro

Publicado em 28/11/2019 – Gazeta de S. Paulo

Nos últimos dois anos, quase 30 mil famílias foram removidas de suas casas na região metropolitana de São Paulo e mais de 170 mil estão com suas moradias ameaçadas.

Os dados são do Observatório de Remoções, projeto coordenado pelo Labcidade da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP), em parceria com a Universidade Federal do ABC (UFABC) e a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A plataforma colaborativa faz o monitoramento de despejos e deslocamentos forçados na região metropolitana desde 2012.

Leia mais em https://www.gazetasp.com.br/grande-sao-paulo/58075-pesquisa-detecta-30-mil-familias-removidas-de-areas-irregulares-na-grande-sp.