Design e educação de adultos – Uma investigação sobre tipografia e layout em livros didáticos

Resumo:

O objetivo central deste trabalho é investigar se as características tipográficas e de layout dos livros didáticos para Educação de Jovens e Adultos produzidos atualmente no Brasil são apropriadas às necessidades desse público específico. Ao percorrer diversos aspectos teóricos e práticos relacionados ao livro didático e a sua cadeia produtiva, aborda-se desde os conceitos pedagógicos que dão suporte, ou refutam, a utilização desse instrumento, até as concepções do Design na elaboração do seu projeto. Quanto ao embasamento teórico, o trabalho apoia-se na metodologia e nas experiências pedagógicas propostas por Paulo Freire na década de 1960, em especial aquelas que tratam de alfabetização de adultos; nos estudos da psicolinguista Emilia Ferreiro cujo foco nos mecanismos cognitivos relacionados à leitura e à escrita elucida hipóteses formuladas por adultos não alfabetizados sobre o funcionamento do sistema de escrita; e, por fim, na análise da intermediação da leitura pela tipografia e pela visão, como proposto pelo designer Gerard Unger. Procurou-se não só identificar como as proposições teóricas da Pedagogia e da Psicologia articulam-se na concretização do método pedagógico através do livro didático de alfabetização de adultos, mas também investigar como o Programa Nacional do Livro Didático para a Educação de Jovens e Adultos aborda e normatiza o aspecto visual das obras que analisa. Por fim, direcionou-se a investigação para a realização de experimentos cuja intenção era a construção de um repertório relativo à percepção dos alunos sobre o material didático utilizado em sala de aula, e dessa maneira compreender melhor quais as necessidades a serem atendidas, no aspecto visual, pelo design gráfico, especialmente aquelas relativas à identificação de tipografia adequada à leitura.

Autor:
Karine Tressler
Orientador:
Profa. Dra. Priscila Lena Farias
Data de defesa:
2014-1