Processo Seletivo

Os processos de seleção de intercambistas da FAUUSP às instituições parceiras no exterior abrem duas vezes ao ano, normalmente nos meses de fevereiro e setembro, dependendo também do calendário das instituições estrangeiras – as instituições européias, por seu sistema de graduação ser anual, não semestral, tem preferido aceitar alunos apenas uma vez por ano, dos processos iniciados em fevereiro. O intercâmbio é recomendado para alunos do quarto ou quinto ano (curso de arquitetura) e a partir do terceiro ano para o curso de design, devido a diferenças entre os diversos sistemas de graduação destas instituições.

Preferencialmente, podem se inscrever os alunos que não estejam matriculados em TFG ou em Iniciação Científica. Em média, as inscrições são abertas por duas semanas, sendo que o aluno pode se inscrever em até duas faculdades diferentes, deixando claro, porém, qual é sua primeira opção. A duração do intercâmbio é de um a dois semestres letivos, dependendo da natureza da parceria ou convênio firmado com a instituição estrangeira.

Para se inscrever nos processos seletivos, o aluno deverá apresentar os seguintes documentos:

  • Carta de motivação/apresentação – deve explicar e justificar os motivos que o levaram a escolher a faculdade estrangeira;
  • Plano de Estudo – deve justificar quais disciplinas cursará na instituição estrangeira e por quê (requisito mínimo: justificar áreas de interesse);
  • Curriculum Vitae; 
  • Portfólio impresso – um trabalho livre no qual o aluno deve demonstrar sua linha de pesquisa e seus conhecimentos desenvolvidos ao longo dos anos de curso;
  • Certificado de proficiência no idioma da instituição estrangeira. (pode ser um certificado simples ou uma carta de um professor particular);
  • Carta de recomendação de um professor da FAU (preferencialmente não vinculado à CCInt-FAU, ou seja, que não seja coordenador de nenhum convênio internacional e que não faça parte desta referida Comissão).

O número de vagas e o aceite final estarão a cargo da faculdade estrangeira.

Esta documentação será avaliada por uma banca de seleção constituída por representantes da FAUUSP que, posteriormente, poderá fazer uma entrevista com os inscritos na língua da instituição estrangeira.

Nesta entrevista, o (a) candidato (a) poderá ser solicitado a fazer uma apresentação de 10 minutos sobre a sua trajetória na FAU, e responderá a perguntas (mais 10 minutos) sobre sua carta de motivação, portfólio e histórico escolar.

Se for selecionado pela banca, o aluno deverá apresentar os documentos que a instituição estrangeira requisitar. Cabe notar, por fim, que os procedimentos exigidos a partir de então, como, por exemplo, visto, carta de aceitação e moradia no país estrangeiro, ficarão por conta do estudante.