Calendário

  • qua
    13
    mar
    2019
    qui
    21
    mar
    2019
    das 8H00 às 20h00Edifício Vilanova Artigas - Salão Caramelo

    Exposição: "Extensão: conheça os coletivos"

    A exposição foi organizada pelos Coletivos da FAUUSP, com apoio da Comissão de Cultura e Extensão Universitária da FAU (CCEU) e tem por objetivo divulgar as atividades de cultura e extensão auto geridas por estudantes na Graduação, integrando a Universidade à sociedade.

    Cada Coletivo possui diferentes objetivos, atuações e peculiaridades e, vendo-os lado a lado, pode-se observar a pluralidade de iniciativas existentes em nossa faculdade.

    Professora responsável: Maria Lucia Refinetti Rodrigues Martins do Departamento de Projeto

  • sex
    15
    mar
    2019
    sex
    29
    mar
    2019
    10h00Edifício Vilanova Artigas - Piso das Salas de Aula

    EXPOSIÇÃO: LIUBLIANA DE PLECNIK (PLE?NIK) 

    Abertura da Exposição: 15/03/2019, às 10h00, Sala 807

    A Exposição permanecerá de 15 a 20 de março de 2019, somente de segunda à sexta-feira, das 8h00 às 20h00.

     

    A Embaixada da Eslovênia em parceria com a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP) abrirá uma exposição intitulada "Liubliana de Ple?nik" sobre vida e obra do maior arquiteto esloveno, Joze Plecnik (Jože Ple?nik). 

    Plecnik viveu entre 1872 e 1957 e tem o mesmo significado e importância para Eslovênia que o Oscar Niemayer tem para o Brasil. 

    Joze Plecnik desenhou edifícios e setores da capital eslovena, Liubliana, durante a primeira metade do século XX. 2017 foi declarado na Eslovênia como o ano de Plecnik. Por esta ocasião o Ministério da Cultura da Eslovênia lançou uma exposição que conta com 20 painéis em português e inglês apresentando as principais obras do arquiteto, as quais podem ser admiradas ao se visitar a capital da Eslovênia. 

    No Brasil a exposição já foi realizada três vezes; em 2017 no Palácio do Governo do Distrito Federal, quando se comemorou também os 25 anos das relações diplomáticas entre a Eslovênia e o Brasil, e posteriormente na Universidade de Brasília. 

    No ano passado a exposição viajou para a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo na PUC Minas em Belo Horizonte. Esta exposição é acompanhada de uma palestra da arquiteta esloveno-brasileira, Arq. Ma. Darja Kos Braga. Ela ministrou uma série de palestras em universidades de Brasília em seus departamentos de arquitetura e no ano passado na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo na PUC Minas. 

    É uma honra para embaixada poder realizar pela quarta vez a exposição, desta vez em São Paulo, na mais renomada e importante universidade do país, Universidade de São Paulo. A abertura da exposição que vai contar com a presença do embaixador da Eslovênia, Alain Brian Bergant e da diretora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, Profª Drª Ana Lúcia Duarte Lanna, será seguida por um café da manhã na sexta feira, dia 15 de março de 2019, às 10h no piso das salas de aula da FAU. 

    Após abertura a Arq. Ma. Darja Kos Braga dará a palestra intitulada: “Arquiteto Joze Plecnik e sua obra Humanista e Atemporal” que apresenta o contexto histórico e geográfico da vida de Plecnik. Em seguida haverá uma mesa redonda com a presença do Prof. Dr. Hugo Segawa e da Arq.Ma. Marina Amado. A arquiteta Darja Kos Braga também dará uma palestra na quinta-feira, dia 14 de março de 2019 às 19:30 no Centro de Pesquisa e Formação SESC São Paulo localizado na Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar, Bela Vista - São Paulo. 

    exposição estará aberta ao público até o dia 29 de março

    As obras de Jože Ple?nik marcaram significativamente as capitais europeias: Liubliana, Viena e Praga. Independente dos estilos de arquitetura do começo do século 20, ele desenvolveu o seu próprio estilo, atemporal e cheio de simbolismo. 

    A sua arquitetura oferece soluções universais e segue atual nos dias de hoje. 

    Além disso, suas obras foram nominadas para inscrição na lista do Patrimônio da Humanidade da UNESCO. 

    Tanja Masla? encarregada dos assuntos culturais e mídia T: 61 3365 1445 C: 61 98675 5578 

    Email: tanja.maslac@gov.si

    Dez obras primas em Liubliana feitas por Joze Plecnik: https://bit.ly/2T4p2Bx  

    Mercado municipal Fonte: slovenia.info 

    Cemitério de Žale (Jardim de todos os Santos) 

    Fonte: slovenia.info 

    Biblioteca Nacional e Universitária 

    Fonte: slovenia.info  

     

     

    Serviço: 

    Abertura Da Exposição: Liubliana De Plecnik (Ple?nik)

    Data: 15/03/2019

    Horário: 10h

    Local: Sala 807 - FAUUSP

    Ver convite 

    Mais informações 

     

  • seg
    25
    mar
    2019
  • qua
    03
    abr
    2019
    qui
    04
    abr
    2019
  • qua
    03
    abr
    2019
  • qua
    03
    abr
    2019
    14h às 17hFAUUSP - Edifício Vilanova Artigas
    A atividade é destinada a estudantes que estejam concluindo o ensino médio e escolhendo um curso universitário. A visita, que será realizada no dia 03 de abril, das 14:00 às 17:00 horas é parte do
    programa USP de visitas monitoradas. Tem por objetivo apresentar os cursos de Arquitetura e Urbanismo e de Design e umpanorama das respectivas atividades profissionais.
    A programação tem início no auditório do Edifício Vilanova Artigas,sede da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade deSão Paulo, com apresentações feitas por docentes, alunos e
    funcionários, que fornecerão informação sobre os cursos, atividades de extensão e pesquisa; infraestrutura disponível aos alunos,laboratórios e biblioteca.
    Em seguida será feita visita, em grupos, que percorrerão os diferentes espaços do edifício.
    Atividade é gratuita mas requer inscrição prévia pelo site.
    Vagas limitadas.
    Mais informações de local, datas e inscrições no link: http://prceu.usp.br/uspprofissoes/
  • qui
    04
    abr
    2019
    sex
    05
    abr
    2019
    Ver programaçãoEdifício Vilanova Artigas

    Convidamos a todos para a exposição "Peconheiros"

    Como parte de um projeto conduzido pela Spirit of Poland Foundation, durante uma visitade 10 dias à comunidade de Boa Vista do Acará, a equipe de designers Monika Brauntsch, Dorota Kaba?a e Carolina Menezes, em conjunto com a comunidade local, trabalharam a questão da segurança ao coletar o açaí.

    A exposição foi apresentada pela primeira vez no festival Gdynia Design Days 2017, no Museu da Casa Brasileira em 2018 e agora na FAUUSP com o apoio do Escritório de Cultura, Artes e Design da USP, aproxima e traz visibilidade ao trabalho dos peconheiros, além de apresentar protótipos desenvolvidos durante a estada na Amazônia, que buscam melhorar a segurança de trabalho deles.

    Programação:
    04 de abril, quinta-feira:
    17:00-18:00 hs - Abertura e visita guiada com as designers.
    Local: Salão Caramelo - FAUUSP


    05 de abril, sexta-feira:
    14:00-18:00 hs - Workshop "Design approach in problems solving"
    Local: Sala 806 - FAUUSP
    18:30-19:30 hs - Palestra e discussão sobre o projeto "Peconheiros"
    Local: Sala 812 - FAUUSP


    Evento Gratuito
    Mais informações: https://www.facebook.com/events/2116072621847052/

  • sex
    05
    abr
    2019

    Ver programação

    A FAU receberá na próxima sexta-feira, dia 5 de abril, Jorge Vicente Ramízes Nieto, professor titular da Universidad Nacional de Colombia (UNAL), para proferir a duas palestras como parte das atividades das disciplinas AUH 156 e AUH 5870.

     

  • ter
    16
    abr
    2019
    qui
    18
    abr
    2019
    Ver programaçãoSENAC – Rua Dr. Vila Nova, 228 Vila Buarque, São Paulo –

    O terceiro Colóquio Internacional – Imaginário: Construir e Habitar a Terra – ICHT 2019,  prossegue em seu intuito de ampliar as fronteiras do pensamento sobre as imagens e os imaginários das cidades no século XXI.

    Programação

    16 de abril de 2019 – terça-feira

    8h30 – abertura do III ICHT – Comitê de Organização

    9h30 – Sessão de Pôsteres

    11h00 – Mesa-redonda 1 – “Mobilidade das imagens: continuidade, rupturas e experimentações” com Rogério de Almeida (FEUSP), Artur Rozestraten(FAUUSP) e Jean-Jacques Wunenburger (CRI2i/Centre Gaston Bachelard)

    12h30/14h30 – Almoço

    15h – Atividades complementares externas

    18h30 – Confraternização de abertura

     

    17 de abril de 2019 – quarta-feira

    8h30 – Mesa-redonda 2 – “Terra, paisagem, lugar: imaginários / representações” com Sandra Maria Patrício (IPUSP), Vladimir Bartalini (FAUUSP) e Dirk Hennrich (IEAUSP)

    10h00 – Mesa-redonda 3 – “Deslocamentos da imagem do arquiteto: processo e produção para a complexidade” com Luciano Margotto (FAUUSP), Fernando de Mello Franco (FAU Mackenzie) e Gil Barros (FAUUSP)

    11h30 – Mesa-redonda 4: “Representando conflitos e resistências: cartografias e o campo ampliado da produção de imagens contra-hegemônicas” com Karina Leitão (FAUUSP); Natacha Rena (UFMG) e David Sperling (IAUUSP)

    13h/14h30 – Almoço

    15h – Atividades complementares externas

     

    18 de abril de 2019 – quinta-feira

    8h30 – Mesa-redonda 5 – “Cidade e imagem: fotografia e experiência urbana” com Fabiana Bruno (UNICAMP), Sara Goldchmit (FAUUSP) e Tuca Vieira(Mestre FAUUSP)

    10h00 – Mesa-redonda 6: “Cenários Urbanos Futuros” com Michel Rautenberg (Centre Max Weber, Université de Lyon-Saint Étienne), Giselle Beiguelman (FAUUSP) e Gabriel Mazzola Poli de Figueiredo (Doutorando FAUUSP/CUF)

    11h30 – Mesa-redonda 7: “Arquitetura e audiovisual: a disputa pelo espaço nas telas” com Cássia Hosni (Doutoranda FAUUSP), Juliana Froehlich (Doutora pela Universidade da Antuérpia) e Lívia Perez (Doutoranda ECAUSP/Doctela)

    13h/14h30 – Almoço

    15h – Mesa redonda de apresentação e debate das atividades complementares externas realizadas

    17h00 – Mesa-redonda de síntese

    18h30 – Confraternização de encerramento

     

    Dúvidas poderão ser esclarecidas junto ao Comitê Organizador no site

    http://sites.usp.br/icht2019/contato/

  • seg
    22
    abr
    2019
    qui
    02
    maio
    2019
    Ver programação

    Inscrições: de 01 a 14 de abril

    Inscrições via site: https://ocupacoesworkshop.wixsite.com/ocupacoes20…/inscricao

    O Workshop acontecerá de 22 de abril a 03 de maio de 2019.

  • qua
    24
    abr
    2019
    17hSalão Caramelo - FAUUSP

    Começa daqui a pouco, às 17h, no Salão Caramelo da FAUUSP, o Campeonato de Avião de Papel da RedBull. Trata-se de um evento internacional só para alunos universitários. Em São Paulo estão participando alunos da USP e da Faculdade São Judas. Os finalistas que tiverem os melhores tempos e as melhores distâncias receberão kits da marca e participarão da grande final nacional. O vencedor da disputa irá para a Austria representando o Brasil.
    Vale destacar que todo o papel utilizado para a confecção dos aviões e latinhas serão encaminhadas para reciclagem.

     

     

  • qua
    24
    abr
    2019
    8h às 12hSala 804 - Edifício Vilanova Artigas
    P a l e s t r a s
     
    Organização: disciplina AUH129 – Arquitetura Moderna  
    "Cerâmica Armada no Brasil"
    Palestra da Profª Drª Juliana Suzuki
     
    "Estação Antártica e outras arquiteturas"
    Palestra do Prof. Dr. Emerson Vidigal
     
     
     
    No dia 24 de abril, quarta-feira, das 8 às 12h, na sala 804, a FAU USP receberá os professores doutores JULIANA SUZUKI e EMERSON VIDIGAL para palestras.
     
    A Profª Drª JULIANA SUZUKI, do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Paraná (UFPR) apresentará uma síntese de sua pesquisa de pós-doutorado sobre o escritório
    de engenharia uruguaio DIESTE & MONTAÑEZ.
     
    Fundado em 1956 em Montevidéu por Eládio Dieste e Eugenio Montañez, notabilizaram-se por desenvolver um sistema de cálculo e construção inovadores para o contexto da época: a cerâmica armada. 
     
    As estruturas desenvolvidas por D&M permitiram construir balanços de até 16 metros e vãos livres que podem chegar a 60 metros utilizando o tijolo cerâmico como matéria-prima básica. A Igreja do Cristo Obrero em Atlántida e a Igreja de San Pedro de Durazno são duas obras clássicas da história da arquitetura latino-americana da segunda metade do século 20.
     
    D& M atuaram no Brasil do final dos anos 1960 até início da década de 1980 construindo grandes estruturas de cerâmica armada para as CEASAs de Porto Alegre, Rio de Janeiro, Curitiba, Goiânia e Maceió, como também o Centro de Manutenção do Metrô do Rio de Janeiro, entre dezenas de obras que alcançam a ordem de 800 mil metros construídos no país. 
     
    O Brasil é o depositário do maior volume de obras realizadas pelo escritório uruguaio – mais do que em seu país natal ou na Argentina, onde também atuaram. A palestra contemplará o
    conjunto das realizações de D&M no Brasil, em sua maioria desconhecidas na história da Arquitetura do Brasil e mesmo na historiografia uruguaia.
     
    O Prof. Dr. EMERSON VIDIGAL, também do Curso de Arquitetura e Urbanismo da UFPR, apresentará a Estação Antártica Comandante Ferraz, inaugurada em março passado, proposta vencedora de concurso público nacional de projetos. Vidigal e o Estúdio 41 constituem um grupo de jovens arquitetos que vem se destacando em inúmeros concursos públicos de arquitetura e urbanismo: Masterplan da Orla do Lago Paranoá, Brasília (1º lugar), Operação Consorciada Água Branca, São Paulo (1º lugar), Centro Cultural e de Eventos de Nova Friburgo (1º lugar) e Cabo Frio (1º lugar), Centro de Exposições Agropecuárias de Planaltina (2º lugar), Anexo da Câmara Municipal de Porto Alegre (2º lugar).
     
     
  • qui
    25
    abr
    2019
    14h30Auditório Ariosto Mila – FAUUSP

    No “Quintas Ameríndias” desta semana a FAUUSP receberá a Profa. Dra. Els Lagrou (UFRJ), conferencista que explanará sobre "Grafismos e Figuração nas Artes Indígenas". 

    Els Lagrou é professora de Antropologia do Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia (PPGSA, UFRJ); bolsista 1 do CNPq.  Coordena o grupo de pesquisa NAIPE (Núcleo de Arte, Imagem e Pesquisa Etnológica) e os Seminários do SMARTIE, formas expressivas e agentivas (UFRJ).

    Publicou os livros A fluidez da forma: arte, alteridade e agência em uma sociedade amazônica (Topbooks, 2007), Arte indígena no Brasil (ComArte, 2009, 2015), editou com Carlo Severi Quimeras em diálogo, grafismo e figuração nas artes ameríndias (7Letras, 2014) e editou o catálogo No caminho da miçanga (MI/UNESCO, 2017), exposição da qual foi curadora. 

    A coordenação do Projeto JP Barroco Cifrado/FAUUSP/FAPESP é da professora Renata Martins, com participação do professor Luciano Migliaccio - Projeto Barroco Cifrado FAPESP, ABYA-YALA FAU.

     

     

  • qui
    25
    abr
    2019
    17h30 às 19h30Salão Caramelo - FAUUSP

    Lançamento do livro "Revolução Laura - Resistência e verdade na era da fake news" de Manuela D'Ávila, amanhã, 25 de abril, a partir das 17h30, no Salão Caramelo da FAUUSP.
    Organização: GFAU + DEC Livre da USP

     

     

  • dom
    28
    abr
    2019
    ter
    30
    abr
    2019

    ABAP promove o 5º CIAP - Congresso Internacional de Arquitetura Paisagística na cidade de São Paulo

    A 5ª versão do evento tem como tema a "Paisagem e Arte"  

    Data: 28/04 (domingo) - no CINEARTE no Conjunto Nacional, com a exibição do documentário sobre Roberto Burle Marx

    29 e 30/04 - na FAUUSP – Edifício Vilanova Artigas – Auditório Ariosto Mila e Salão Caramelo da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP - FAUUSP (Exposição)

    Promoção: ABAP - Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas

    Apoio: CAU/SP – Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo 

    Evento gratuito

    É necessário fazer inscrição devido à capacidade de lotação 

    Inscrições em www.abap.org.br

    Ver convite

    Ver programação

    Mais informações

  • qui
    30
    maio
    2019
    sex
    31
    maio
    2019
    FAUUSP - Cidade Universitária

    Trata-se de um seminário interno, aberto ao público, com apresentação e debate sobre as pesquisas de doutorado e mestrado atualmente em desenvolvimento na área de concentração Projeto de Arquitetura da Pós-graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo.

    Organização: Helena Ayoub e Marta Bogéa
    Comissão organizadora: Nicolas Xavier, Luisa Fecchio, Erick da Silva, Nathalia Duran e Camila Reis
    A programação com o cronograma, mesas e apresentações está disponível no site:
    https://2seminariodeprojet.wixsite.com/meusite-1

  • sáb
    01
    jun
    2019
    das 14h às 19hCidad3 - Av. Pacaembu, 774

    A mostra itinerante que retrata o percurso profissional e acadêmico do professor Francisco Spadoni e do escritório Spadoni AA.

    A Exposição se realiza simultaneamente na cidade de Matera, Italia, como parte da Mostra Continuità Brasiliana, organizado pela Universitã Degli Studi Della Basilicata, que compõe um dos eventos de Matera Capital Européia da Cultura.

    Conversa com Francisco Spadoni às 14h

    Ver cartaz

  • ter
    04
    jun
    2019
    sex
    07
    jun
    2019
    Auditório Ariosto Mila – FAUUSP

    APRESENTAÇÃO

    O seminário se propõe a discutir as representações dos espaços e territórios ibero-americanos, com destaque para o papel das línguas na constituição dos imaginários, das paisagens e dos seus significados. A narrativa como forma de reconhecimento, compreensão e proposição de um devir e?, portanto, o foco de interesse do seminário: as línguas portuguesa, espanhola e nativas configuram os patrimônios culturais identificados com lugares e sistemas de comunicação de sentimentos, percepções e visões de mundos em trânsito e em diálogo por estes múltiplos territórios.

    Conhecer a variedade das narrativas nos seus mais diversos propósitos, meios, suportes e linguagens e? uma forma de abordar os significados construídos sobre os lugares ibero-americanos. Voltemos a nossa atenção para as ações produzidas pela consciência inscrita nas línguas ao se confrontarem com o desafio do conhecimento do espaço, do território, da paisagem e do lugar: descrever, inventariar, discriminar, ordenar, cartografar, valorizar, eleger, formular, propor, fundamentar, imaginar, visualizar, representar e desenhar.

    A viagem e? um tema onipresente nos espaços narrados – a própria narrativa e?, antes de tudo, viagem – espaços apresentados pela perspectiva do narrador a outrem. As línguas, seja como instrumentos de representação dos territórios físicos ou imaginados, seja como atividade do pensamento, são essencialmente viagem: trânsito entre o visto e o imaginado, entre o percebido e o interpretado, entre a forma e o significado, entre a imagem e a palavra, entre a fala e a escrita. E sendo viagem, as línguas são, sobretudo, aproximações.

    Com igual importância, na proposta deste seminário emerge um outro tema central: o reconhecimento da valiosa contribuição da literatura para a arquitetura e o urbanismo, para a sensibilização e para o entendimento das nossas sociabilidades, das nossas imensas culturas urbanas, das nossas expressões sobre o morar e o viver, das nossas cidades e da pluralidade de nossos povos. Livros, revistas e jornais; romances, crônicas e poesias; manifestos, discursos e aulas; relatos, descrições e inventários; mapas, cartas e documentos; pintura, fotografia e cinema – narrativas sobre espaços, narrativas sobre nós mesmos, presentes na arquitetura e no urbanismo.

     

    PROGRAMAÇÃO

    DIA 4 DE JUNHO (no SESC Consolação, Rua Dr. Vila Nova, 245)

    16h00 às 18h00: Credenciamento e entrega de material

    18h15: Sessão de abertura e apresentação do Seminário

    19h00: Conferência de abertura: escritor Alberto Manguel

    DIA 5 DE JUNHO

    8h30-10h00: Sessões Temáticas, no IEB, Av. Prof. Luciano Gualberto, 78:

    No Auditório 1:

    ST1. As crônicas, os inventários e a literatura na construção dos lugares

    Coordenação: Gabriel Pedrosa

    1.1 Crônicas e anúncios: revelações da mulher moderna na cidade e na casa – autora: Sabrina Fontenele

    1.2 Afeto e lugar nas narrativas de Elizabeth Bishop – autor: Helio Herbst

    1.3 Narrativas urbanas de autoria feminina:?as cidades de Carolina Maria de Jesus e Conceição Evaristo – autora: Isadora C. T. Monteiro

    No Auditório 2:

    ST2. Paisagens culturais ibero-americanas: língua, patrimônio e narrativa

    Coordenação: Klara Kaiser

    2.1 O Novo Orbe Seráfico Brasílico do Frei Jaboatão: as Crônicas acerca da Ordem Francisca em Pernambuco no Período Colonial (séculos XVI e XVII) – autor: Rafael Ferreira Costa

    2.2 As Igrejas das Irmandades dos Homens Pretos e a memória afro-brasileira no urbanismo da cidade de São Paulo – autor: Fabricio Forganes Santos

    2.3 O mercado de escravos do Valongo no Rio de Janeiro: longos esquecimentos e abruptas lembranças – autor: Rogério Pacheco Jordão

    Na Sala 12:

    ST3. As cidades e a navegação das ideias

    Coordenação Fernanda Fernandes

    3.1 Construções de muros físicos e simbólicos: espaços, expressões e figurações do medo em Historia del Miedo (2014) – autora: Suelen Caldas S. Simião

    3.2 Linguagem jurídica e o urbano na cidade de São Paulo: uma análise decolonial sobre interdisciplinariedade – autora: Julia de Moraes Almeida

    3.3 Vamos Criar Caminhos? Metodologia de participação infantil para a leitura e transformação do lugar – autora: Maya Neves M. Araújo

    10h00 – 11h30: Sessões Temáticas ,no IEB, Av. Prof. Luciano Gualberto, 78:

    No Auditório 1:

    ST4. Viagens: relatos e iconografias

    Coordenação Paulo Iumatti

    4.1 Narrativas sobre o Recôncavo: entre Cachoeira e São Félix, entre palavras e fotografias – autor: Eduardo Oliveira Soares

    4.2 O olhar dos viajantes: uma leitura da paisagem da Vitória do século XIX - autores: Beatriz Mourão Barcelos / Nelson Pôrto Ribeiro

    4.3 Entre a imagem e a palavra: o olhar da viajante Cecília Meireles – autora: Giselle Luz

    4.4 Narrativas de Paisagens Arcaicas: Ruínas, Textos e Imagens de Territórios Ancestrais em Conquista – autor: Silvio Cordeiro

    No Auditório 2:

    ST5. Cartografia, desenho e palavra

    Coordenação Iris Kantor

    5.1 Relato de experiências em trânsito: cartografando Mario de Andrade, arquitetura e cidade – autoras: Volia Regina C. Kato / Maria Isabel Villac

    5.2 O desastre de Goiânia com o Césio 137: cartografando memórias ou esquecimentos? – autores: Ana Laura Carvalho Nunes / Paulo Edison Belo Reyes / César Bastos M. Vieira / Diogo Vaz da Silva Júnior

    5.3 Lugar, vivência e projeto: narrativas para o desenho em áreas precárias – autora: Marina M. Grinover

    Na Sala 12:

    ST6. Tradução e trânsito entre linguagens

    Coordenação Luis Ludmer

    6.1 Metacidade: Brasília lida por Haroldo de Campos – autor: Alexandre Benoit

    6.2 Sobre espaços e narrativas: a biblioteca como lugar de memória, cultura e transmutação – autoras: Eneida de Almeida / Myrna A. Nascimento

    6.3 A cidade (d)escrita à exaustão: do inventário urbano chamado Comédia humana, ao Esgotamento de um lugar parisiense – autora: Joana Barossi

    12h00 - 13h00, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:

    Conferência 1 Alberto Kalach (México)

    Almoço

    Mesas Redondas, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:

    14h30 – 16h00: Mesa Redonda 1 As crônicas, os inventários e a literatura na construção dos lugares

    Convidados: José Miguel Wisnik e Alberto Martins. Moderação: Agnaldo Farias

    16h00 – 17h30: Mesa Redonda 2 Paisagens culturais ibero-americanas: língua, patrimônio e narrativa

    Convidadas: Mariana Ozuna Castañeda (Letras/ UNAM) e Paulo Juan Bruno Dam Mazzi (PUC Lima). Moderação: Paulo Iumatti

    Café

    18h00, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:

    Conferência 2 Carmela Gross (Brasil)

    DIA 6 DE JUNHO

    8h30-10h00, Sessões Temáticas, no IEB, Av. Prof. Luciano Gualberto, 78:

    No Auditório 1:

    ST1. As crônicas, os inventários e a literatura na construção dos lugares

    Coordenação Joana Barossi

    1.4 Os biografemas de uma cidade-livro na cartografia machadiana do Rio de Janeiro – autores: Priscila Fernandes / Andre Balsini

    1.5 Um olhar cartográfico sobre a literatura: percursos pelo Rio de Janeiro na obra de Lima Barreto – autoras: Juliane Porto C. Medeiros / Ana Elisabete A. Medeiros

    1.6 O subúrbio é um folhetim: o Rio de Clara dos Anjos – autora: Francesca Angiolillo

    No Auditório 2:

    ST2. Paisagens culturais ibero-americanas: língua, patrimônio e narrativa

    Coordenação Ana Castro

    2.4 Os múltiplos imaginários de São Luiz do Paraitinga, São Paulo – autoras: Renata Rendelucci Allucci / Maria Cristina S. Schicchi

    2.5 Glossario quadrilíngue da arquitetura curitibana: elaboração de conceitos para a pesquisa patrimonial – autores:  Emanuel A. Aquino / Giceli P. C. Oliveira / Larissa D. M. Souza

    2.6 (Re) Descobrindo Goiás por meio das memórias de Edgard Jacintho – autora: Nádia Mendes de Moura

    Na Sala 12:

    ST3. As cidades e a navegação das ideias

    Coordenação Fernanda Fernandes

    3.4 Espaços Incivilizados: práticas culturais e populares ligadas ao mundo moderno – autora: Juliana Villela Junqueira

    3.5 Os múltiplos significados do Terreiro: lugar dos ritos, espaços de conflitos – autores: Diego Inglez de Souza / Luiz Ricardo Marcondes

    3.6 A São Paulo de Mário, Flusser e Person: leituras de uma metrópole defasada – autor: Lucas Bandos Lourenço

    10h00 – 11h30: Sessões Temáticas, no IEB, Av. Prof. Luciano Gualberto, 78:

    No Auditório 1:

    ST4. Viagens: relatos e iconografias

    Coordenação Klara Kaiser

    4.5 A paisagem da viagem e a natureza da razão – autor: Euler Sandeville Junior

    4.6 A alteridade amazônica nos relatos de viagem de Euclides da Cunha (1904-1906): entre “a pátria sem a terra” e “a terra sem a pátria” – autor: José Bento de Oliveira Camassa

    4.7 Cidade Palimpsesto: o resgate da paisagem de um espaço que se realiza, acumula, superpõe e troca de significados  - autora: Bruna Cristina Bevilaqua

    No Auditório 2:

    ST6. Tradução e trânsito entre linguagens

    Coordenação Guilherme Wisnik

    6.4 Arquitetura como literatura: aspectos de uma linguagem em comum – autor: Flavio de Lemos Carsalade

    6.5 imaginar o passado, com saudade do futuro – autora: Marta Bogéa

    6.6 Cidades escritas. Textos habitáveis. - visualidade e lugar literário na paisagem, cidade e arquitetura - Patricia Andrea S. Osses

    Na Sala 12:

    ST1. As crônicas, os inventários e a literatura na construção dos lugares

    Coordenação Gabriel Pedrosa

    1.7 A paisagem urbana de São Paulo cantada pela Tropicália – autor: Vinícius Luz de Lima

    1.8 Vestígios de estranha civilização: percepção da cidade brasileira nas canções de Chico Buarque – autora: Mayra Moreyra Carvalho

    1.9 A Bahia de Caymmi – autores: Lígia Ferreira de Araujo / Artur Rozestraten

    12h00 - 13h00, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:

    Conferência 3 Mauricio Pezo & Sophia von Ellrichshausen (Chile)

    Almoço

    Mesas Redondas, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:

    14h30 – 16h00: Mesa Redonda 3 As cidades e a navegação das ideias

    Convidados: Maria Stella Bresciani (História Unicamp) e Ana Castro (FAU-USP). Moderação: Fernanda Fernandes

    16h00 – 17h30: Mesa Redonda 4 Viagens: relatos e iconografias 

    Convidados: Abílio Guerra (FAU Mackenzie) e Agnaldo Farias (FAU-USP). Moderador: Luís Antônio Jorge

    Café

    18h00, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:

    Conferência 4  – Dinha (Brasil)

    DIA 7 DE JUNHO

    8h30-10h00, Sessões Temáticas, no IEB, Av. Prof. Luciano Gualberto, 78:

    No Auditório 1:

    ST1. As crônicas, os inventários e a literatura na construção dos lugares

    Coordenação Marta Bogea

    1.10 “Tia Margarida vai a Brasília: história para alguém contar às crianças” – autor: Igor Gonçalves Queiroz

    1.11 Os espaços histórico-culturais construídos na literatura infantojuvenil: alguns exemplos ibero-americanos – autora: Tania Rajczuk Dombi

    1.12 O centro em contos: espaços e personagens do Centro de Vitória (ES) imaginados por Fernando Tatagiba – autora: Camila B. Rodrigues Ferraz

    No Auditório 2:

    ST2. Paisagens culturais ibero-americanas: língua, patrimônio e narrativa

    Coordenação Ana Castro

    2.7 O nome dos lugares e seus povos esquecidos: a toponímia e os conflitos entre territorialidades na formação de Caconde/SP – autora: Marjorie P. Junqueira de Faria

    2.8 Tamanduateí e a Vila de Piratininga: narrativas submersas – autora: Berta de Oliveira Melo

    2.9 O valor simbólico da paisagem: a relação entre cultura e poder na colonização da Cidade do México – autora: Ana Paula Santos Salvat

    Na Sala 12:

    ST1. As crônicas, os inventários e a literatura na construção dos lugares

    Coordenação Joana Barossi

    1.13 acima do céu, abaixo do chão. montesinos e clavileño: o sem limites da escritura quixotesca – autor: Gabriel Pedrosa

    1.14 O poeta-sismógrafo e o mito vampírico: Torquato Neto no Rio de Janeiro dos anos 1960-70 – autores: Dilton Lopes Almeida Júnior / Ramon Martins da Silva

    1.15 Românticos e Modernos: Rio de Janeiro e São Paulo pelo olhar dos escritores brasileiros em um século de transição (1836-1936) – autora: Solange de Aragão

    10h00 – 11h30: Sessões Temáticas, no IEB, Av. Prof. Luciano Gualberto, 78:

    No Auditório 1:

    ST2. Paisagens culturais ibero-americanas: língua, patrimônio e narrativa

    Coordenação Fernanda Fernandes

    2.10 amereida. américa como acidente – autor: João Serraglio

    2.11 Um terraço e um jardim na Casa Vilamajó: reflexões sobre a modernidade apropriada – autora: Claudia Virginia Stinco

    2.12 O redescobrimento da Ibero-América: articulações entre arquitetura, arte e cultura nas narrativas de Angel Guido – autor: Leonardo Faggion Novo

    2.13 A América Como Efeméride, Nas Malhas Que O Império Tece: O Historiador, A Estátua, Seu Subalterno e o Ventríloquo – autor: Amilcar Torrão Filho 

    No Auditório 2:

    ST2. Paisagens culturais ibero-americanas: língua, patrimônio e narrativa

    Coordenação Klara Kaiser

    2.14 Narrativas e significados de uma paisagem capital: Brasília. Uma leitura do romance de João Almino: Samba Enredo – autoras: Ana Carolina C. Streletcki / Ana Elisabete A. Medeiros

    2.15 Figurações da cidade latino-americana: as representações de São Paulo, Lima e Bogotá na literatura (1940 - 1970) – autoras: Mariana Costa Pamplona / Ana Claudia Veiga Castro

    2.16 Itinerarios brasileños de Joan Ponç – autora: Margareth dos Santos

    2.17 Entre a academia e a estrada: a viagem americana de Vilanova Artigas – autor: João Sodré

    Na Sala 12:

    ST2. Paisagens culturais ibero-americanas: língua, patrimônio e narrativa

    Coordenação Luis Ludmer

    2.18 A construção narrativa como ferramenta de disputa socioterritorial na Cracolândia – autora: Camila Campos Almeida

    2.19 Monumentos bandeirantes na cidade de São Paulo – autora: Thaís Chang Waldman

    2.20 Planos, práticas e projetos: relatos de espaço do samba sobre as reformas urbanas paulista e carioca (1938-1945) – autor: Bruno Ribeiro S. Pereira

    2.21 AB_CDMX. Diccionario urbano de la Ciudad de México – autora Laura Janka Zires

    12h00 - 13h00, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:

    Conferência 5 Angelo Bucci (Brasil)

    Almoço

    Mesas Redondas, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:

    14h30 – 16h00: Mesa Redonda 5 Cartografia, desenho e palavra

    Convidadas: Iris Kantor (FFLCH USP) e Carla Lois (História UBA). Moderadora: Marta Bogéa

    16h00 – 17h30: Mesa Redonda 6 Tradução e trânsito entre linguagens

    Convidados: Alejandro Tapia (UAM-Xochimilco) e Luís Antônio Jorge (FAU-USP). Moderador: Guilherme Wisnik

    Café

    18h00, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:

    Conferência 6 João Paulo Borges Coelho (Moçambique)

    Sessão de encerramento

     

     

    SUB-TEMAS

    1. As crônicas, os inventários e a literatura na construção dos lugares
    2. Paisagens culturais ibero-americanas: língua, patrimônio e narrativa
    3. As cidades e a navegação das ideias
    4. Viagens: relatos e iconografias
    5. Cartografia, desenho e palavra
    6. Tradução e trânsito entre linguagens

    CONCEPÇÃO E ORGANIZAÇÃO

    Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) e Instituto de Estudios Brasileiros (IEB) da Universidade de São Paulo (USP)

    DATA

    De 4 a 7 de junho de 2019

    LOCAIS

    Dia 4 de junho: SESC Consolação (Rua Dr. Vila Nova, 245 – São Paulo)

    Dias 5 a 7 de junho: FAU USP e no IEB USP (Cidade Universitária – São Paulo)

    APOIO

    SESC SP

    FAPESP

    PRP-USP

    PRCEU-USP

    FAU-USP

    COMISSÃO ORGANIZADORA

    Agnaldo A. C. Farias

    Ana Claudia Veiga de Castro

    Ana Vaz Milheiro

    Fernando Paixão

    Fernanda Fernandes da Silva

    Gabriel Pedrosa Pedro

    Guilherme T. Wisnik

    Íris Kantor

    Joana Barossi

    Jorge Figueira

    Klara Kaiser Mori

    Luís Antônio Jorge

    Luis Carlos B. Ludmer

    Marta V. Bogea

    Paulo T. Iumatti

     COMITE? CIENTI?FICO

    Luís Antônio Jorge – FAUUSP – São Paulo – (presidente)

    Ana Maria de Moraes Belluzzo – FAU USP – São Paulo

    Ana Claudia Veiga de Castro – FAU USP – São Paulo
    Marta V. Bogea – FAU USP – São Paulo

    Fernando Paixa?o – IEB USP – São Paulo
    Paulo T. Iumatti – IEB USP – São Paulo
    Iris Kantor – FFLCH USP – São Paulo
    Fraya Frehse – FFLCH USP – São Paulo
    Abi?lio da Silva Guerra Neto – FAU UPM – São Paulo
    Ceci?lia Rodrigues dos Santos – FAU UPM – São Paulo
    Lucre?cia D’Alessio Ferrara – PUC/SP – São Paulo
    Margareth Aparecida Campos da Silva Pereira – FAU UFRJ – Rio de Janeiro

    Robert Moses Pechman – IPPUR UFRJ – Rio de Janeiro

    Ana Luiza Nobre – PUC/RJ – Rio de Janeiro
    Fla?vio de Lemos Carsalade – EA UFMG – Belo Horizonte
    Paola Berenstein Jacques – FAU UFBA – Salvador
    Angela Prysthon – Comunicação Social – UFPE – Recife
    Maria Stella Martins Bresciani – IFCH UNICAMP – Campinas
    Alex S. Calheiros de Moura – IHD UnB – Brasília
    Carlos Eduardo Comas – FAU UFRGS – Porto Alegre
    Maria Madalena A. Cunha Matos – FA UL – Lisboa
    Ana Cristina F. Vaz Milheiro – FA UL – Lisboa
    Pedro Anto?nio Janeiro – FA UL – Lisboa
    Jorge Figueira – CES UC – Coimbra
    Lui?s Euge?nio da Silva Lage – FAPF UEM – Maputo
    Alejandro Tapia – UAM-Xochimilco – Cidade do México
    Luis Antonio Rivera Di?az – UAM-Cuajimalpa – Cidade do México

    Mariana Ozuna Castan?eda – FFL UNAM – Cidade do México
    Adria?n Gorelik – Programa de História Intelectual UNQ – Buenos Aires
    Graciela Silvestri – FADU Universidad Nacional de La Plata – Buenos Aires
    Jorge Vicente Rami?rez Nieto – UNC – Bogota?
    Sharif Samir Kahatt Navarrete – FADU PUC Peru – Lima
    Victoria Saramago – Hispanic and Luso-Brazilian Studies – University of Chicago – Chicago
    Bruno Carvalho – Faculty of Arts and Sciences – Harvard University – Cambridge

    DATAS E PRAZOS

    1. Envio de Resumo Expandido até 20 de janeiro de 2019

    Título do trabalho, nome do autor, titulação e instituição, tamanho entre 500 e 600 palavras, indicação de 3 palavras-chave/key words

    Enviar o resumo para espacosnarrados2@gmail.com

    1. Resposta de aceite: 25 de fevereiro de 2019
    2. Envio do texto completo até 27 de março de 2019

    Texto com até 6.000 palavras; páginas numeradas (numeração na parte inferior, à direita); título principal Arial 14 negrito, subtítulos Arial 12 negrito, corpo do texto Arial 11 normal, espaço entrelinhas 1,5 e sem espaço entre parágrafos com recuo de 1,5cm na primeira linha; as ilustrações deverão ser salvas em JPG e inseridas no texto próximas ao trecho a que se referem; recomenda-se que gráficos, figuras, fotos e qualquer arquivo gráfico, estejam inseridos no texto em padrão JPG, resolução até 96 dpi para não exceder 3Mb no total; a numeração das figuras (Figura 1, por exemplo), seguida da legenda em corpo 10 normal, deve aparecer logo abaixo das mesmas, centralizado; separar do texto as tabelas e figuras com 1 linha antes e depois; notas de rodapé (não usar notas de fim), fonte Arial 8 normal, parágrafo justificado; as referências devem ser feitas no formado Autor-Ano; as citações que excederem 3 linhas deverão ser em itálico, Arial 11 com recuo esquerdo de 1cm; as referências bibliográficas deverão ser reunidas no final do artigo em uma relação única em ordem alfabética, com entre linhas simples.

    Enviar o texto para espacosnarrados2@gmail.com

    Línguas Português, Espanhol

    A FICHA DE INSCRIÇÃO DEVERÁ SER PREENCHIDA E ENVIADA JUNTAMENTE COM O COMPROVANTE DE DEPÓSITO BANCÁRIO PARA O EMAIL: espacosnarrados2@gmail.com

    Taxas de inscrição até 29 de março de 2019

    Participante profissional - R$ 330,00
    Participante docente - R$ 210,00
    Participante discente - R$ 90,00

    Taxas de inscrição após 29 de março de 2019

    Participante profissional - R$ 400,00
    Participante docente - R$ 260,00
    Participante discente - R$ 110,00

    Dados Bancários: 
    Favorecido: Instituto de Estudos Brasileiros
    CNPJ: 63.025.530/0045-25
    Banco do Brasil
    Agência: 7009-2
    Conta Corrente: 130339-2

    Ficha de inscrição

    e-mail para envio: espacosnarrados2@gmail.com

     

     

  • qua
    05
    jun
    2019
    12hAnfiteatro FAUUSP - Sala 807

    Palestrantes: Thais Montanari (mestre IFCH-UNICAP)

    Organização: Projeto Jovem Pesquisador FAPESP Barroco Cifrado, Profa. Dra. Renata Martins (coordenadora) Prof. Dr. Luciano Migliaccio

    Ver cartaz

  • qui
    06
    jun
    2019
    19hCentro Universitário Maria Antonia

    com a presença do artista e fotógrafo, Marcelo Masagão, a crítica e professora da FAU, Giselle Beiguelman, e o fotógrafo Ronaldo Entler, para uma conversa com o público sobre a exposição.

    Entrada gratuita.

    Ver convite

  • ter
    11
    jun
    2019
    das 17h às 19h30sala da congragação FAUUSP

    Na ocasião será feita uma breve apresentação do projeto que será difundido no Portal de Livros Abertos da USP e também uma breve síntese de cada autor presente sobre seu texto para, em seguida. abrirmos o diálogo/debate com o público presente.
    Organizadores: Artur Rozestraten – FAUUSP, Marcos Beccari - Design UFPR e Rogério de Almeida - FEUSP 

    Ver convite

  • ter
    18
    jun
    2019
    14hLocal: Sala 601 - FAU-USP

    Seminário aberto de estudos sobre os seguintes textos de Henri Lefebvre: Space: Social Product and Use Value (1979), The Worldwide and the Planetary (1973) e Space and the State (1978).

    Organização: PC3 [Pensamento Crítico e Cidade Contemporânea]

    Ver cartaz

  • sáb
    22
    jun
    2019
    19h30TV SENADO

    Sinopse: Na Trilha do Caboclo é a busca da identidade de uma voz anônima no sertão de Pernambuco. No percurso, encontros e desencontros vão marcando o caminho; os acontecimentos e as pessoas colaboram ativamente e assumem um importante papel que redefine os limites da própria voz que iniciou essa busca.

    Estreia: sábado 22/06 às 19h30

    Reprise: domingo 23/06 às 19h30

    Sábado  29/06  às 17h30

    Domingo 30/06 às 16h30

    Domingo 06/07 às 09h30

  • seg
    24
    jun
    2019
    sex
    28
    jun
    2019
  • seg
    24
    jun
    2019
    18hLocal: Sala 807- Anfiteatro - FAUUSP

    Palestrante: Marcelo Pereira, Designer,Volkswagen para Região América do Sul.

     

     

  • qua
    26
    jun
    2019
  • qua
    26
    jun
    2019
    17hAnfiteatro FAUUSP – Sala 807

    Palestrante: Vassiliki Eleftheriou – Diretora do Serviço de Restauração da Acrópole

    Ver apresentação

    Ver cartaz

  • qui
    27
    jun
    2019
    17hSala 811 - FAU-USP

    Conceituação que dá origem ao instrumento ações em curso no Território Jaraguá Perus e no Paulista Luz potencialidades e limites do instrumento

    Organização: Núcleo de Estudos da Paisagem e da Cultura / Labcidade FAU USP

     Ver cartaz

  • sex
    28
    jun
    2019
    Corredor dos Estúdios - FAUUSP
     
    Organização: Estudantes, Professores e Monitores das Disciplinas AUP0156 e AUP0106
     
  • qua
    07
    ago
    2019